Enciclopédia Arquivo7 no MEGA

terça-feira, 9 de fevereiro de 2010

AS AMEAÇAS DO IRÃ CONTRA ISRAEL - MAIS RAZÕES PARA VOCÊ CONSIDERAR AS PROFECIAS DA BÍBLIA



Recentemente li o seguinte, no blog do Reinaldo Azevedo:

“Os iranianos não disfarçam que um de seus objetivos é destruir Israel. Os iranianos financiam hoje o terrorismo em pelo menos três países — Israel, Líbano e Iraque. Os iranianos vieram praticar atos terroristas aqui do lado, na Argentina. E estão brincando com fogo também. Porque não duvidem: antes que o país tenha, sabe-se lá em que prazo, condições de fazer a bomba, Israel se encarregará de mandar pelos ares suas instalações nucleares — E ESTE NÃO É SÓ UM DIREITO QUE ISRAEL TEM: É UM DEVER!!! E o mundo pode conhecer, então, o inferno (grifado no original).

Enganam-se aqueles que pensam que o governo israelense, seja ele de que inclinação for, precisa da concordância dos EUA para isso. Se chegar à conclusão de que está ameaçado, agirá com ou sem concordância. Se a aplicação de sanções depende da Rússia e da China, o ataque militar só depende de Israel achar que PIOR SERIA NÃO AGIR. E agirá. E o mundo estará diante de uma crise de proporções inimagináveis.”
http://veja.abril.com.br/blog/reinaldo/geral/lula-e-amorim-poem-o-brasil-de-bracos-dados-com-um-governo-terrorista/

Também li duas matérias no blog do Julio Severo, intituladas:"Destruição de Israel é iminente, diz o líder supremo do Irã" e "Quem disse que Lula está preocupado com a ameaça iraniana de destruir Israel?" (Veja aqui: http://juliosevero.blogspot.com).

Então resolvi republicar um texto de 2008, de um antigo blog (que deixei de atualizar porque estava tendo dificuldade com a configuração – especialmente no campo dos comentários). Eis o texto na íntegra:

Recentemente (09 e 10 de julho), o Irã testou seus mísseis, causando inquietação no mundo, especialmente em Israel. Rapidamente correram novos rumores de que o governo israelense estaria preparando uma operação semelhante aquela de 1981, quando destruiu o reator nuclear iraquiano. O QUE ISSO TEM A VER COM A BÍBLIA? Como não quero ser repetitivo, gostaria que você lesse o artigo “A VISITA DO PRESIDENTE RUSSO AO IRÃ – AS PROFECIAS SE CUMPREM!”, neste blog para compreender melhor o que o Irã teria a ver com as profecias da Bíblia sobre a futura guerra mundial – e como os acontecimentos atuais estão nos levando nessa direção.
Essas noticias sobre as ameaças iranianas e os rumores em Israel de um ataque preventivo levaram muitos a lembrar da OPERAÇÃO ISRAELENSE DE 1981 QUE SALVOU O MUNDO DE UM HOLOCAUSTO NUCLEAR EM 1991.

Leia a seguir uma descrição desse ataque:

“Osirak ou Osiraq, era um reactor de teste de materiais nucleares de água leve de 40 MW situado no Iraque. Construído pelo governo do Iraque no Centro de Pesquisa Nuclear de Al Tuwaitha, 18 km a sul de Bagdad em 1977.
(...)
A distância (cerca de 1000 km.) fazia de Osirak um alvo perigoso e longínquo demais para a força aérea israelense de então, problema solucionado em 2 de junho de 1980, com a chegada de aviões F-16 Fighting Falcon americanos, os únicos em Israel capazes de carregar as bombas até o alvo e voltar sem reabastecimento. Iniciaram-se então os sigilosos treinamentos, onde nem os pilotos sabiam da missão para a qual estavam sendo treinados.”

Mas, uma série de fatores politicos e militares fizeram com que o governo israelense adiasse o ousado ataque. Até que, em julho de 1981, não suportando mais tanta pressão e o medo repentino de um ataque nuclear iraquiano Israel resolveu reagir primeiro. Na linguagem militar, isso é chamado ATAQUE PREVENTIVO.
Leia a seguir como tudo aconteceu:

“O ataque seria no domingo, 7 de junho de 1981. Às 15:55 do domingo, decolaram da Base Aérea de Etzion oito caças F-16 descaracterizados, armados cada um com duas bombas MK 84 de 2.000 libras (910 kg), 2 mísseis Sidewinder, dois tanques subalares de 1400 litros cada e tanque ventral de 1100 litros., escoltados por 6 caças F-15, cada um com 8 mísseis ar-ar guiados por radar e infravermelho e 512 projéteis 20mm para o canhão. Se tudo corresse bem, chegariam a Osirak 100 minutos após a decolagem, faltando menos de 20 minutos para anoitecer, com o Sol em suas costas, o que dificultaria a visão dos iraquianos. Para não serem detectados, voaram a 90 metros do chão, entre desfiladeiros e montanhas, e a 7 metros quando estavam sobre o deserto e a água, sem comunicação por rádio ou qualquer outro meio, em absoluto silêncio eletrônico (apenas as palavras “Charlie", a 38º de longitude, "Zebra", aos 40º e "Duna Amarela” aos 42º foram pronunciadas, marcando as fases da missão).
A 30 km do alvo os aviões ligaram seus equipamentos e aceleraram, iniciando os procedimentos para o ataque. A 6 km da usina, em duplas, subiram a 2.000 m., mergulhando em seguida para lançar as bombas, que foram programas para explodir apenas após o lançamento pelo último avião. Como não haviam sido detectados, enfrentaram apenas um esboço de reação iraquiana. Das 16 bombas lançadas sobre o reator, somente uma errou o alvo, destruindo por sua vez a câmara de guiagem de nêutrons, e outra não explodiu. Em dois minutos, o reator nuclear de Osirak havia deixado de existir.
O ataque foi condenado pelo mundo inteiro. Até mesmo o governo do então presidente americano, Ronald Reagan, simpático a Israel, escolheu "condenar" o ataque (apesar de fortes rumores do auxílio americano na missão); a França qualificou-o de "inaceitável"; a Grã-Bretanha o descreveu como "uma grave violação da lei internacional". Um editorial de The New York Times começava assim: "O ataque furtivo de Israel contra um reator nuclear de fabricação francesa perto de Bagdá foi um ato de agressão indesculpável e míope."

Fonte: http://pt.wikipedia.org/wiki/Osirak

Veja, em resumo, e com ilustrações (“uma imagem diz mais do que mil palavras”) essa fantástica operação israelense de 1981, que salvou o mundo de um holocausto nuclear. Você duvida?






O círculo está se fechando. Na região onde tudo começou (Oriente Médio), tudo terminará, para dar inicio a um novo começo, UM NOVO MUNDO, SEM VIOLÊNCIA OU TERROR, NO FUTURO REINO DE JESUS CRISTO (Apocalipse 22). As ameaças do Irã apenas nos aproximam mais ainda do RETORNO DE JESUS CRISTO EM GRANDE PODER E GLÓRIA.

* Publicado originalmente em http://777.blig.ig.com.br/2008/07/recentemente-e-de-julho-o.html

3 comentários:

  1. Olá Morganne, boa noite! Para começo de conversa afirmo que acredito em você. Acho que a sua história é a de alguém que foi escolhido para exercer um ministério similar, por exemplo, ao de um Samuel, o que foi consagrado a Deus antes mesmo de sua concepção. Você foi chamado para esta missão. O Deus de Abraão escolheu e ungiu a você para revelar as mensagens codificadas na numerologia ( guematria ) bíblica.

    A Bíblia é aceita pelos cristãos como um livro de revelação divina, escrita por pessoas inspiradas por Deus. As palavras que ela contém, a partir do primeiro versículo de Gênesis ( Bereshit ) tem por finalidade revelar que O Deus ( Elohim ) É O Um (1 ) - Único - Criador de todas as coisas nos céus e na terra, exceto o ser humano. Para criar Adão ( Adam ) O Senhor ( YHWH ) juntamente com O Deus ( ELOHIM ) formaram ao homem segundo "nossa imagem e nossa semelhança"- disseram.

    Ultimamente, tenho pensado que a revelação bíblica não está circunscrita apenas às palavras, os números também são uma forma de revelar mensagens subliminares.
    Para mim, não é por acaso que o hebraico (Antigo Testamento) e o grego (Novo Testamento) foram escolhidos como os idiomas da Bíblia. Estes dois idiomas tem em comum o fato de que para cada letra do alfabeto corresponde um número, Ex: Álef,hebraico e Alfa,grego = 1 -- Bêt,hebraico e Beta,grego = 2 -- Guímel, hebraico e Gama,grego=3....e assim sucessivamente.

    Isto posto, creio que a Bíblia é um livro de revelação "alfanumérica", ou seja, ela contém mensagens por meio das palavras e por números também.

    ResponderExcluir
  2. Para os judeus, a letra representa um número e as palavras representam o número composto por cada uma das letras nelas contida, e assim palavras podem ser traduzidas em números e números em palavras.

    Na música, as notas que por sinal são 7 (veja a relação que existe com o número em epígrafe) podem ter as suas figuras escritas na pentagrama e os seus nomes e suas entonações ( som ) dependem da posição que estão,isso é, se estão sôbre a linha ou no espaço entre elas. Todavia,também podem ser escritas sem a utilização da pentagrama: Dó, Ré, Mi, Fá, Sol, Lá Si. O acorde perfeito exige o dobramento da tônica, Dó por exemplo na primeira linha suplementar inferior e a sua repetição no terceiro espaço promove o dobramento da freqüência inicial ,na linguagem musical denominada 8ª. O acorde harmônicamente perfeito seria formado por quatro sons representados por: quatro Figuras -- quatro vocalizações, Dó, Mi, Sol, Dó (sons) -- quatro números, 1, 3, 5 , 8 sobrepostos, e assim a nomenclatura da escala musical ( palavras ) e os números também, identificam o mesmo objeto a figura musical.
    Dessa forma o um (1) está no oito (8) e o oito está no um, ambos representam a nota Dó. Assim, em princípio, seria possível um compositor criar e harmonizar uma partitura musical apenas com a utilização de números. Neste caso, os números transmitiriam a mensagem tocada, cantada ou falada.

    Assim, é a compreensão da revelação feita pelas Escrituras Sagradas.
    A propósito,a relação do número 1 com o número 8 na música aponta para O Nome do Eterno Deus (YHWH, sempre traduzido para o portugês como SENHOR) que no hebraico é 26 -- 2+6 = 8 e o nome de Jesus no grego ( IESOUS ) " eis a trindade representada" 888, ou ainda 8+8+8= 24 = 6 que segundo a sua própria conclusão está relacionado ao homem e para confirmar esta tese a BÍblia diz que Jesus É O SEGUNDO ADÃO.
    Não esmoreça, nem se intimide com a oposição de plantão, continue avante as suas pesquisas porque há muito mais a ser conhecido e revelado.

    As palavras, assim como os números (matemática), foram criados exclusivamente por Deus, portanto, pertencem a Êle. Da forma e com o objetivo que você tem pesquisado não se trata de surpestição, magia, ou coisa do gênero.

    Não permita que o "inimigo" se aproprie de algo que ele não criou (ele também foi criado ) e a matemática já existia antes dêle para contar que o Deus Criador de todas as coisas é só Um (1).

    Quanto ao número7 creio que por fazer referência a palavra Espírito (Ruach, no hebraico) e cujo valor numérico é 214, onde: 2+1+4= 7 tráta-se de um número insondável em toda a sua magnitude porque este número permeia toda a Bíblia e representa a totalidade, perfeição. No livro de Apocalípse que, em grego, literalmente significa - Revelação, é citado como " Sete (7) Olhos...Sete (7) Espíritos de Deus... Apocalípse 5:6 "
    O Espírito de Deus pode capacitar o seu entendimento com infinita possibildades de conhecimento, em princípio, como na música, são 7 possibilidades que podem dobrar, triplicar, quadruplicar,.. 7,14, 21, 28.....infinitas.

    Lembre-se: O primeiro Espírito é o do conhecimento. O segundo Espírito é o do entendimento. O terceiro Espírito é o do temor do Senhor. O quarto Espírito é o de sabedoria.

    A razão é que : É impossível entender a Deus sem conhecimento.
    É impossível temer a Deus (por amor) sem entendimento.
    É impossível alguém ser sábio sem o temor do Senhor."
    O temor do Senhor é o princípio da sabedoria".

    Assim, você tem toda razão quando intui que o número 7 tem muito a revelar sobre os acontecimentos que em breve, esperamos, estão prestes a acontecer. A Palavra de Deus não pode falhar. Não falhará!

    ResponderExcluir
  3. Adorei a nota acima quando diz que o ser humano não é obra de Deus e sim de Adão.
    O erro tá air: Adão é filho de Judeus. descendência cheia de mistérios, erudição, mas porem perdida. Se colocar como detentora da correspondência oficial de Deus, ( não vamos achar aqui que não reconheço sua preciosa importância), diante das informações dadas por Deus, que superam as primárias, é o que? Essa primazia de achar que o que supostamente Deus falou aos Judeus foi tão vital, que de repente, Deus achando que já falou tudo, pode desde àqueles séculos, ficar na sua, pois já falou tudo aos filhos únicos e mais preciosos.

    ResponderExcluir