quarta-feira, 28 de novembro de 2018

O TEOREMA DE PITÁGORAS E A MATEMÁTICA BÍBLICA


Se você odeia matemática, procure amá-la, pois ela existirá para sempre, e, mesmo na Eternidade, iremos nos deparar com ela em cada esquina.

Por exemplo, o Teorema de Pitágoras é uma verdade eterna (tenha vergonha de morrer antes de ter conhecido esse maravilhoso conceito matemático).

Agora, pare por um momento e reflita nos seguintes fatos da Matemática Bíblica:

Fato 1 - O alfabeto com o qual foi escrito a Bíblia (hebraico e grego) era alfanumérico. Isto é, para facilitar cálculos matemáticos, as letras foram numeradas segundo um certo padrão (e que fique bem claro: essa conversão de letras em números foi realizada por matemáticos, não por religiosos).

Fato 2 - A 1ª frase da Bíblia diz "NO PRINCÍPIO CRIOU DEUS OS CÉUS E A TERRA";

Fato 3 - As palavras "DEUS, OS CÉUS E A TERRA", no texto original da Bíblia, quando somado os valores das letras, valem 1184;

Fato 4 - O Nome "JESUS", o Criador de todas as coisas, tem, no original, o valor numérico de 888;

Fato 5 - A palavra "CRISTO", um dos títulos supremos do Criador, tem, no original, o valor numérico de 1480;

Fato 6 - O Teorema de Pitágoras afirma, categoricamente, que a²+b²=c². Isto é: Em QUALQUER triângulo RETÂNGULO, a SOMA dos quadrados dos DOIS LADOS MENORES será SEMPRE igual ao quadrado do lado MAIOR (Hipotenusa).

Exemplo: 3² + 4² = 5². Ou seja: 9 + 16 = 25;

Fato 7 - O quadrado da soma das palavras "DEUS, OS CÉUS E A TERRA" + o quadrado da soma da palavra "JESUS", é exatamente igual ao quadrado da soma da palavra "CRISTO";

Conclusão - Se as evidências provam que o autor (humano) do Gênesis e os autores dos Evangelhos, nunca se conheceram pessoalmente (existem séculos de diferença entre os tempos em que eles viveram); e que as letras hebraicas só foram convertidas em números cerca de 1200 anos DEPOIS de escrito o livro de Gênesis, então... EXPLICA ESSA, INCRÉDULO!

Moacir Junior – morganne777@hotmail.com

quarta-feira, 21 de novembro de 2018

A FRASE QUE NINGUÉM É CAPAZ DE IMITAR – 37 EVIDÊNCIAS (mas, se quiserem, eu coloco mais)


Uma das coisas mais fascinantes da Matemática é que suas verdades são eternas e seria verdade mesmo que o Universo deixasse de existir. Fatos matemáticos são irrefutáveis, incontestáveis e maravilhosamente simétricos. Se a linguagem da Matemática é universal, se Deus é o Criador de todas as coisas, e se a Bíblia é a Sua Palavra, seria estranho que Ele usasse a Matemática para autenticar as Sagradas Escrituras?

Acredito que a primeira frase da Bíblia (Gênesis 1.1) está repleta de padrões matemáticos, impossíveis de serem copiados ou imitados. Em outras palavras: O primeiro versículo da Bíblia, a frase mais importante sobre a origem do Universo, possui uma estrutura matemática sem paralelos na literatura religiosa mundial.

A Bíblia foi escrita em duas línguas alfanuméricas. Isto é, o alfabeto hebraico e o grego possuíam valores numéricos, pois os antigos hebreus e gregos ainda não conheciam os sinais que representam os algarismos, tais como usamos hoje (o fato é que a invenção do alfabeto precedeu a invenção dos algarismos). Assim, se cada letra possui um valor numérico, conseqüentemente, cada palavra tem um valor.

Tabelas com os valores dos alfabetos gregos e hebraicos podem ser facilmente encontradas na Internet, por isso não precisamos ocupar este espaço com elas. E atenção! Os especialistas na História da Matemática afirmam que os hebreus só foram atribuir valores às letras cerca de 200 anos antes de Cristo, ou seja, 1.200 anos depois de Moisés. Isso significa que: quem quer que tenha escrito o Gênesis, não teria como codificar o texto com padrões matemáticos usando um sistema que seria inventado somente 1.200 anos mais tarde. Isso é algo para se pensar.

Do 1 ao infinito, qual o seu número favorito?

Em 2014, o jornalista britânico Alex Bellos, publicou uma enquete tentando saber qual o número favorito das pessoas. O resultado foi divulgado em seu site em 08 de abril de 2014. Cerca de 30.000 pessoas responderam à pergunta. A enquete não era do tipo “marque uma das alternativas abaixo”, mas a pessoa era livre para colocar o número que quisesse. Alguns disseram, por exemplo, que seu número favorito era 1.000.000. E sabem quais os dois números que mais foram citados?

Vejam só: 1º lugar: número 7; segundo lugar: número 3.

Esses dois números formam, em minha opinião, um dos números mais interessantes do Universo: 37. Algumas razões:

1 – 37 é um número primo;
2 – O inverso dele, 73, também é um número primo;
3 – Cada um dos seus dígitos, isoladamente, são primos (3 e 7);
4 – O 12º número primo é 37;
5 – O 21º número primo é 73;
6 – 37 x 73 = 2701; por sua vez, 2701 + 1072 (seu inverso) = 3773;
7 – 3773 é a mesma coisa que 7 x 7 x 77.

Antes de passar à coleção de fatos matemáticos inseridos em Gênesis 1.1, é essencial conceituar NÚMEROS FIGURADOS, uma categoria de números bastante apreciada pelos matemáticos:

quarta-feira, 14 de novembro de 2018

ENCICLOPÉDIA ARQUIVO 7 – PRA DETONAR A INCREDULIDADE - ÍNDICE REMISSIVO


Senhoras e senhores, eis a Enciclopédia Arquivo7. São 333 capítulos e 50.000 páginas de investigações sobre profecias bíblicas, números e matemática na Bíblia, fenômenos sobrenaturais, mistérios e quebra cabeças deste e do outro mundo; um pacote de coisas estranhas e surpreendentes, para desafiar seus conceitos e visão de mundo. Fique à vontade para questionar as teses e conclusões defendidas. Mas duvido que consiga contestar, pelo menos, a metade da terça parte delas. 

Todos os capítulos estão disponíveis para acesso (nos formatos PDF ou PowerPoint), a partir dos seguintes links:

 Opção 1 (ONEDRIVER) - Em Power Point: https://onedrive.live.com/?authkey=%21AOfsD2XO3--PsiA&id=D2396F04AB689FC6%21976&cid=D2396F04AB689FC6

Opção 2 (ONEDRIVER) - Em PDF: http://sdrv.ms/1a28Cw8


Opção 4 (GOOGLEDRIVE) - Em PDF:
 https://drive.google.com/open?id=1XcDcuJ3v2btRyaKKL_IUrN_goapu5ACT


COMO ENCONTRAR O QUE VOCÊ PROCURA DENTRO DA ENCICLOPÉDIA ARQUIVO 7?

A seguir estou disponibilizando um ÍNDICE REMISSIVO. Listei todos os temas, tópicos, expressões e personagens de destaque (dentro dos estudos), em ordem alfabética. Ao lado de cada palavra ou expressão, existem alguns números que são OS NÚMEROS DOS CAPÍTULOS ONDE O TAL ASSUNTO É CITADO OU EXPLORADO.


Por exemplo, digamos que você deseje saber o que o Arquivo7 tem a dizer sobre a atual Guerra na Síria. Você vai até a letra “S”, procura a palavra SÍRIA, e ao lado verá alguns números (128 e 201). Esses são os números dos capítulos da Enciclopédia Arquivo7, que contém alguma coisa relacionada à Síria e aos conflitos naquela região. Entretanto, isso não significa que, em toda a Enciclopédia, só haja essas referências à Síria, porém, esses são os capítulos onde existem mais detalhes.

quarta-feira, 7 de novembro de 2018

COMO FALAR DA BÍBLIA PARA QUEM NÃO ACREDITA NELA?


Explicando, em detalhes, os objetivos do Ministério Arquivo7 - Um novo capítulo da nossa Enciclopédia virtual
Para baixar:

Nome (e número) do arquivo: 333 – como falar da bíblia para quem não acredita nela?


Opção 2 - Em PDF: http://sdrv.ms/1a28Cw8

Elaborado por: Moacir R. S. Junior – morganne777@hotmail.com