O BÁSICO PARA VOCÊ ENTENDER O ARQUIVO 7

O BÁSICO PARA VOCÊ ENTENDER O ARQUIVO 7
Tudo que você precisa saber para entender a principal linha de investigação do Arquivo7 - O BÁSICO SOBRE MATEMÁTICA BÍBLICA, SEGUNDO A TESE ARQUIVO 7.

CALCULANDO A VERDADE - A INSPIRAÇÃO DIVINA DA BÍBLIA PROVADA PELA MATEMÁTICA

 

Uma introdução à Matemática Bíblica defendida no Arquivo7, numa exposição bem didática, ideal para quem está entrando em contato com essa tese pela primeira vez ou deseja apresentá-la a algum amigo. 

O "cânon" bíblico está fechado, com 66 livros e 1.189 capítulos, e, neste livro, apresentamos a evidência matemática como prova. 

"Investigue tudo, acredite apenas no que for provado verdadeiro" (paráfrase de 1 Tessalonicenses 5.21)

Adquira esta obra por meio das seguintes opções:

1 - LIVRO DIGITAL - Leia através do aplicativo Kindle em seu celular, tablet, Kindle e computador. Clique neste link: 

https://amzn.to/3gwP0sA

2 - LIVRO FÍSICO (isto é, impresso) - Adquira a partir deste link:

https://loja.uiclap.com/titulo/ua9006/

quinta-feira, 28 de novembro de 2019

O MATEMÁTICO BÍBLICO E O DESAFIO DA MATEMATICOFOBIA


VOCÊ SOFRE DE MATEMATICOFOBIA?

Você pode até ter a completa atenção dos ouvintes enquanto estiver falando de qualquer assunto. Mas, no momento em que inserir no discurso a palavra “matemática”, vai notar, imediatamente, que uma gigantesca muralha acabou de surgir, separando o palestrante do auditório.

Por esta razão um ministério de ensino que mistura Bíblia e Matemática (como o Arquivo7) dificilmente prospera, pois é claramente impopular, antipático, solitário e... diferente. 

ENTÃO, POR QUE INSISTIR NISSO?

1º - Temos provas (muito mais do que suficientes) de que existe uma conexão entre a Matemática e a Teologia Bíblica;

2º - É impossível que as simetrias matemáticas encontradas na Bíblia tenham surgido por mero acaso (cerca de 23.000 páginas* sobre o assunto me dão essa certeza);

3º - Portanto, se os ítens 1 e 2 são verdadeiros, estudar e ensinar Matemática Bíblica pode até ser uma missão impopular e ingrata, mas de maneira nenhuma é inútil, vã e sem propósitos.

DIZENDO DE OUTRA FORMA...

1º - Se Deus é matemático (e temos toneladas de provas de que Ele o É);

2º - Se a Bíblia é a Palavra de Deus (e temos toneladas de provas de que ela o É);

3º - Encontrar Matemática na Bíblia devia ser a coisa mais lógica e natural do mundo.

4º - E se tanto a Bíblia quanto a Matemática são obras divinas (e temos toneladas de provas de que elas o são);

A ÚNICA ALTERNATIVA:

5º - E se os cristãos amam a Bíblia justamente por considerá-la obra de Deus;

6º - Por que então muitos dos mesmos cristãos têm tanta antipatia pela Matemática a ponto de até demonizá-la?

Pra deixar bem claro: SE VOCÊ É CRISTÃO SUA ÚNICA ALTERNATIVA DIANTE DOS NÚMEROS E DA MATEMÁTICA É... AMÁ-LOS!!!

* A Enciclopédia Arquivo7 tem, atualmente, cerca de 47.000 páginas. Mas, além da Matemática Bíblica, ela investiga também a Profecia Bíblica, embora seja evidente que a maior parte se refere à matemática.

A CULPA É DA MATEMÁTICA?

Um fenômeno que tenho observado aqui e ali é que a simples menção da palavra “matemática” ou “números” é suficiente para apavorar as pessoas e para deixar as mesmas acuadas, como um animal diante dos caçadores.

Quando, durante um ensino bíblico, a plateia leva quase um minuto pra responder quanto é 7 x 7, é porque a coisa é bem séria. Quando tento explicar alguns dos mais simples conceitos matemáticos, as reações mais comuns (e imediatas) são: “não sei nada de Matemática”, “nunca fui bom em Matemática”, etc.

A MALDIÇÃO DO MATEMÁTICO

Como a Matemática (apesar de tão necessária ao mundo) é grandemente impopular, um matemático não nutre nenhuma esperança de ser reconhecido (em vida) ou de ser valorizado profissionalmente. A biografia de muitos dos grandes matemáticos do passado é recheada de cenas tristes, descrevendo matemáticos pobres, isolados da sociedade, acometidos por graves doenças, sem sorte na vida sentimental, etc. Será que essas pobres almas, em sua lida dura e melancólica, tiveram algum momento de alegria, de prazer, de êxtase?

Um professor apaixonado por matemática, com experiência de mais de 30 anos em sala de aula, deixou escapar o seguinte, ao falar sobre os desafios que um matemático enfrenta na vida:

“Você pode ficar solitário. Quase ninguém apreciará o seu  trabalho porque poucos serão capazes de entendê-lo”

(H. E. Huntley, no livro A DIVINA PROPORÇÃO - Um Ensaio sobre a Beleza na Matemática)

A RECOMPENSA DO MATEMÁTICO

Entretanto, apesar dos duros desafios que um matemático enfrenta, existem certas compensações, que, no final, provam que vale à pena lidar com a matemática.

QUATRO PRINCIPAIS RAZÕES QUE LEVAM OS MATEMÁTICOS PUROS A AMAREM A MATEMÁTICA

quinta-feira, 21 de novembro de 2019

AS 7 MALETAS NUCLEARES DAS EVIDÊNCIAS BÍBLICAS


As 7 evidências mais devastadoras sobre a inspiração sobrenatural da Bíblia

Sobre a "Maleta Nuclear"

A "nuclear football" (em português, bola nuclear) é uma maleta preta que sempre acompanha o Presidente dos Estados Unidos e que contém instruções, guias e aparelhamento para autorizar o uso de armas nucleares de maneira imediata, onde quer que o presidente esteja. Há poucas informações e muitas especulações sobre esse equipamento, seu conteúdo e sua operação.

O jornal The Washington Post afirma que "o Presidente sempre é acompanhado por um militar que carrega a pasta. Dentro dela estão relatórios, um cartão codificado de uso exclusivo do Presidente e os códigos para o lançamento de armas nucleares."

Já um artigo do jornal USA Today garante que "existem três pastas e não uma, a primeira viaja com o Presidente, uma reserva está guardada na Casa Branca e a terceira está com o Vice-presidente."

Fonte destas informações: https://pt.wikipedia.org/wiki/Nuclear_Football

A ANALOGIA COM AS EVIDÊNCIAS BÍBLICAS

Da mesma forma que essas "maletas nucleares" representam um poder devastador, as evidências a favor da origem sobrenatural da Bíblia são devastadoras para a incredulidade. Afirmações baratas do tipo "a Bíblia é um livro de lendas e mentiras" jamais sairão da boca de quem tiver, ao menos, uma pálida ideia dos 7 tipos de evidências que apresentaremos a seguir.

As pesquisas do Arquivo7 estão voltadas para o estudo das evidências que PROVAM a inspiração sobrenatural da Bíblia. Essas evidências, apresentadas em cerca de 47.000 páginas, envolvem Matemática, Física, Química, Astronomia, Geografia, História, Filosofia, Arqueologia, Antropologia, Sociologia, Psicologia, Linguística, além de muitas outras áreas do conhecimento humano. Portanto, não foi um ignorante, inculto, analfabeto ou fanático religioso que elaborou este trabalho.

Na Enciclopédia Arquivo7 estão coletadas, literalmente, centenas de evidências que provam a singularidade e sobrenaturalidade da Bíblia. Podemos classificar essas evidências em 3 tipos ou círculos: Profecia, Matemática e Profecia Matemática. A seguir, os detalhes sobre esses círculos:

1º CÍRCULO = PROFECIA

Uma das coisas que colocam a Bíblia acima de qualquer outro livro é a profecia. São centenas e centenas de detalhes proféticos a respeito de pessoas e povos, muitos escritos com até 3000 anos de antecedência.

Por si mesmo, nenhum ser humano possui o dom (ou capacidade) de acertar 100% um conjunto tão grande de detalhes a respeito de alguém do futuro. Mas os profetas de Israel alegavam receber suas revelações de uma Entidade Superior, a qual se declarava a Única capaz de prever o futuro.

“... diz o Senhor... diz o Rei de Jacó ... mostrai-nos as coisas futuras. Anunciai-nos as coisas que ainda hão de vir, para que saibamos que sois deuses;...”(Isaías 41.21-23).

A 1ª “MALETA NUCLEAR” – As profecias sobre O Messias

Os detalhes proféticos cumpridos na vida de Jesus de Nazaré desafiam todas as probabilidades matemáticas de terem acontecidos por mero acaso. As profecias detalharam, centenas de anos antes:

a) Como Ele seria;

b) Onde Ele nasceria e viveria;

c) E Quando apareceria no cenário mundial.

O fato singular, senhoras e senhores, é que, em toda a história mundial, nenhum homem teve sua história contada centenas de séculos antes do seu nascimento. Nenhum, a não ser JESUS DE NAZARÉ!

A 2ª “MALETA NUCLEAR” – As profecias sobre Israel

As centenas de profecias sobre Israel possuem detalhes chocantes a respeito do futuro desse povo – e tais detalhes têm se cumprido na História, até os nossos dias, de forma surpreendente. Em suma, essas profecias tratam:

a) do passado, presente e futuro desse povo;

b) do Antissemitismo, isto é, o terrível preconceito que eles sofreriam por parte das nações;

c) da incrível influência deles na história mundial, isto é, nas artes, ciências e cultura.

Portanto, senhoras e senhores, na história mundial nenhum outro povo teve sua história contada, com centenas de detalhes, centenas de séculos antes de acontecer; nenhum povo sofreu tantas humilhações e massacres e sobreviveu; nenhum outro povo, mesmo afastado de sua terra por quase 2000 anos, conseguiu retornar, ressuscitar sua língua original e se tornar um exemplo de inteligência e prosperidade para o mundo... nenhum povo, a não ser ISRAEL!

A 3ª “MALETA NUCLEAR” – As profecias sobre as Nações

Um outro pacote de profecias bíblicas envolve dezenas de nações, tais como: Egito, Assíria, Babilônia, Pérsia, Grécia, Roma, Turquia, etc. São povos demais, com detalhes demais, que desafiam quaisquer probabilidades matemáticas. As principais profecias sobre este tema são:

a) O sonho de Nabucodonosor – Daniel 2

b) Os 4 reinos – Daniel 7

c) As 7 cabeças da Besta – Apocalipse 13 e 17

d) As profecias sobre a Babilônia – Jeremias 50 e 51; Isaías 13; Apocalipse 17 e 18; etc.;

O cético não tem saída. São mais de 100 detalhes proféticos que podem ser relacionados com profecias específicas a respeito de diversos povos citados na Bíblia; depois, temos centenas de predições específicas sobre Israel; por último, o cético ainda tem de lidar com as centenas de profecias sobre Jesus de Nazaré.

A Teoria das Probabilidades deixa claro que, quanto maior o número de dados, mais improvável se torna a adivinhação, até alcançar o ponto do impossível.

As revelações e visões do futuro, dadas aos profetas de Israel, fazem o impossível se tornar possível, e provam, sem sombras de dúvidas, que o Deus deles É DEUS!

          Se um cético gastar a vida toda tentando contestar apenas uma das “maletas” acima, temos plena certeza de que jamais o conseguirá. Agora imagine tentar contestar as três. IMPOSSÍVEL!!! Ou seja, cada uma, por si mesma, possui potencial mais do que o suficiente para detonar toda a incredulidade do mundo.

          Mas, senhoras e senhores, temos aqui não somente 3 “maletas nucleares”, mas 7. Vejamos os detalhes das outras:

quinta-feira, 14 de novembro de 2019

O ESTARRECEDOR AO QUADRADO


Numa definição simples e verdadeira, uma constante matemática é uma quantidade que possui sempre o mesmo valor. Sim, sempre. Eternamente, independentemente de cultura, povos ou religião. Imutável, infinita e transcendente (tal como o Deus de Israel! – e isso já seria razão suficiente para valorizarmos essas constantes).

Numa pesquisa básica é fácil provar que as três constantes mais interessantes e mais conhecidas da Matemática são:

1 – Número Pi - A razão entre o comprimento de uma circunferência e o seu diâmetro. Tem como símbolo matemático, a letra grega π. Eis a seguir os primeiros 108 dos seus infinitos dígitos:

3,14159265358979323846264338327950288419716939937510582097494459230781640628620899862803482534211706798214808...

2 – Número Euler – Também chamado Constante de Napier, base do Logaritmo natural, etc. Tem como símbolo matemático, a letra “e”. Eis a seguir os primeiros 108 dos seus infinitos dígitos:

2,71828182845904523536028747135266249775724709369995957496696762772407663035354759457138217852516642742746639...

3 – Número Phi – Razão Áurea, Número de Ouro, Divina Proporção, Razão Extrema e Média entre dois pontos, etc. É a constante matemática mais associada às artes, beleza e simetria. E aparece abundantemente na Bíblia, como já demonstramos inúmeras vezes. Tem como símbolo matemático, a letra grega φ. Eis a seguir os primeiros 108 dos seus infinitos dígitos:

1,61803398874989484820458683436563811772030917980576286213544862270526046281890244970720720418939113748475408...

Algo que dá nos nervos e deixa os matemáticos tensos é saber que NINGUÉM TEM CERTEZA de qual será o próximo número da sequência. Isto é, não existe (pelo menos até agora ninguém tem notícia) um padrão nessas constantes, uma lógica que determine que o próximo dígito (ou algarismo) tem que ser este ou aquele.

Por exemplo, ninguém consegue saber quando o próximo ZERO irá aparecer. No Phi, o zero aparece logo na casa; no Euler, aparece na 14ª; e no Pi só a partir da 33ª. Será que existe algum padrão nisso? Eu acredito que sim, embora não possa provar (ainda).

PARA ARQUITETAR PADRÕES COM CONSTANTES MATEMÁTICAS INFINITAS, SOMENTE ALGUÉM DE MENTE INFINITA...

Em muitos capítulos da Enciclopédia Arquivo7 já demonstramos surpreendentes padrões envolvendo as 3 constantes apresentadas. Um dos padrões bíblico-matemáticos mais incríveis envolvem o Pi e o Euler nos valores numéricos da primeira frase do Gênesis e a primeira do Evangelho de João. Durante anos tentei encontrar alguma simetria bíblico-matemática que harmonizasse as três constantes (ao mesmo tempo), mas nunca achei nada que considerasse estarrecedor. Até a semana passada (última de setembro de 2019).

A seguir, os passos que me levaram à descoberta de uma simetria fabulosa.

quinta-feira, 7 de novembro de 2019

PROVANDO A INSPIRAÇÃO SOBRENATURAL DA BÍBLIA, USANDO APENAS UMA BÍBLIA E UMA CALCULADORA


SABE AQUELAS VERDADES QUE SÃO (AO MESMO TEMPO) INCRÍVEIS POR NATUREZA, SIMPLES DE SE PROVAR E IMPOSSÍVEIS DE SE CONTESTAR?

Conheça uma prova singela e estarrecedora da impossibilidade humana de ter elaborado a Bíblia, sem ajuda divina.

Esqueça, por alguns minutos, seus traumas e antipatias pela Matemática e considere:

Os números-chave da Matemática Bíblica são: 3, 7, 37 e 73.

Agora conheça 7 coincidências incríveis envolvendo o capítulo 37 na Bíblia:

1 – Na Bíblia toda, somente 7 livros contém capítulo de número 37 (Gênesis, Êxodo, Jó, Salmos, Isaías, Jeremias e Ezequiel);

2 – Os 7 livros pertencem a 3 grupos diferentes: Lei, Poesia e Profecia. Somente um livro possui um capítulo 37 e um capítulo 73 (Salmos) e fica bem no meio dos 7, como a lâmpada CENTRAL do candelabro;

3 – A soma dos números de ordens dos livros do grupo 1 é igual a 3 (Gênesis, 1º livro + Êxodo, 2º livro);

4 – A soma dos números de ordens dos livros do grupo 2 é igual a 37 (Jó, 18º livro + Salmos, 19º livro);

5 – A soma dos números de ordens dos livros do grupo 3 é exatamente igual a 73 (Isaías, 23º livro + Jeremias, 24º livro + Ezequiel, 26º livro);

Até aqui todas essas coincidências, por mais complexas que sejam, podem muito bem terem sido arquitetadas por pessoas com uma inteligência altamente brilhante. Entretanto, ninguém (ser humano) seria capaz de elaborar as próximas coincidências:

6 – A Bíblia toda contém 1.189 capítulos. Agora guarde as próximas informações:

a) Contando (a partir do 1º capítulo) até Gênesis 37, iremos parar no 37º capítulo bíblico;

b) Contando (a partir do 1º capítulo) até Êxodo 37, iremos parar no 87º capítulo bíblico;

c) Contando (a partir do 1º capítulo) até Jó 37, iremos parar no 473º capítulo bíblico;

d) Contando (a partir do 1º capítulo) até o Salmo 37, iremos parar no 515º capítulo bíblico;

e) Contando (a partir do 1º capítulo) até o Salmo 73, iremos parar no 551º capítulo bíblico;

f) Contando (a partir do 1º capítulo) até Isaías 37, iremos parar no 716º capítulo bíblico;

g) Contando (a partir do 1º capítulo) até Jeremias 37, iremos parar no 782º capítulo bíblico;

h) E contando (a partir do 1º capítulo) até Ezequiel 37, iremos parar no 839º capítulo bíblico;

i) Juntando os 8 capítulos por seus números de ordem, podemos formar o seguinte numerozão:

037.087.473.515.551.716.782.839

Quer saber como se lê essa coisa colossal? Trinta e sete SEXTILHÕES, oitenta e sete QUINTILHÕES, quatrocentos e setenta e três QUATRILHÕES, quinhentos e quinze TRILHÕES, quinhentos e cinquenta e um BILHÕES, setecentos e dezesseis MILHÕES, setecentos e oitenta e dois MIL e oitocentos e trinta e nove.


*Observação: QUINTILHÕES também se diz (mais raramente): QUINQUILHÕES.

E agora, eis a mágica:

Imagine os 1.189 capítulos bíblicos formando um círculo, uma roleta. Agora, se você contar, a partir do 1º capítulo bíblico (isto é, Gênesis 1) até chegar ao capítulo equivalente a 037.087.473.515.551.716.782.839, por mais absurdo e incrível que pareça, você irá parar exatamente no capítulo 37 de Êxodo!!! Ou seja: exatamente um dos 7 capítulos 37 da Bíblia!!!

ESTA CONTAGEM É IMPOSSÍVEL PARA O SER HUMANO, pois:

a) Mesmo se você contasse 3 números por segundos, sem parar (e sem dormir), dentro de um ano teria contado somente até 94.608.000 (94 MILHÕES e 608 MIL);

b) Pra chegar até o numerozão (de 37 SEXTILHÕES), sabe quantos anos você teria que viver, contando sem parar (mesmo sendo 3 números por segundos)?

1.176.036.070.381.523 (1 QUATRILHÃO, 176 TRILHÕES, 036 BILHÕES, 070 MILHÕES, 381 MIL E 523) ANOS!!!

Em outras palavras: a coincidência apresentada acima é simplesmente impossível para a limitada mente humana arquitetar.

E tem mais:

7 – Considerando os 7 livros pelos seus respectivos números de ordem (na classificação dos 66 livros bíblicos), temos:

01 – Gênesis
02 – Êxodo
18 – Jó
19 – Salmos
23 – Isaías
24 – Jeremias
26 – Ezequiel

Transformando esses números de ordem num número só (considerando os 3 grupos dos livros, teremos):

0102 (grupo 1 – LEI); 1819 (grupo 2 – POESIA); 232426 (PROFECIA)

Do maior para o menor, temos:

232426 (Isaías, Jeremias e Ezequiel)
1819 (Jó e Salmos)
0102 (Gênesis e Êxodo)

          a) Agora imagine uma roleta com 1.819 números, cada um representando um capítulo da Bíblia (1819 é o grupo 2, POESIA);

b) Nessa roleta de 1819 números, conte, desde o 1, até parar em 232.426 (este é o número do grupo 3, PROFECIA). Então, inevitavelmente, você irá parar no número 1.413;

          c) Agora, imagine uma roleta de números de 1 a 102 (grupo 1, LEI), cada número representando um capitulo bíblico, de Gênesis 1 até Levítico 12 (o 102º capítulo bíblico);

          d) Conte 1413 nessa roleta de 102 e você vai, finalmente, parar no número 087.

Ou seja: inacreditavelmente, no 087º capítulo bíblico, isto é: Êxodo 37!!! ... sim, NOVAMENTE Êxodo 37!!!

Diga o que quiser, mas o fato é que:

Girando a roleta 232426 (Isaías, Jeremias e Ezequiel), dentro da roleta 1819 (Jó e Salmos), por sua vez, dentro da roleta 102 (Gênesis e Êxodo), no final, tudo termina em Êxodo 37!!!

          Mais uma vez: É impossível a limitada mente humana ter arquitetado tudo isso.

          Como adoro dizer: se tivéssemos somente essas 7 coincidências matemáticas na Bíblia, por mais surpreendentes que sejam, ainda assim, quem sabe, poderia ser apenas obra do acaso ou de uma mente humana altamente brilhante... MAS, SENHORAS E SENHORES, NO ARQUIVO7 TEMOS À DISPOSIÇÃO MILHARES DE CASOS PARA TIRAR O SONO DOS INCRÉUS!

          Uma coincidência é uma coincidência; duas coincidências são duas coincidências; porém, MUITAS coincidências são coincidências demais para serem apenas coincidências. Você não acha?

“Como é profunda a riqueza, a sabedoria e a ciência de Deus! Como são insondáveis as suas decisões, e como são impenetráveis seus caminhos!”
(Romanos 11.33)

Moacir Junior – morganne777@hotmail.com