O BÁSICO PARA VOCÊ ENTENDER O ARQUIVO 7

O BÁSICO PARA VOCÊ ENTENDER O ARQUIVO 7
Tudo que você precisa saber para entender a principal linha de investigação do Arquivo7 - O BÁSICO SOBRE MATEMÁTICA BÍBLICA, SEGUNDO A TESE ARQUIVO 7.

quinta-feira, 21 de novembro de 2019

AS 7 MALETAS NUCLEARES DAS EVIDÊNCIAS BÍBLICAS


As 7 evidências mais devastadoras sobre a inspiração sobrenatural da Bíblia

Sobre a "Maleta Nuclear"

A "nuclear football" (em português, bola nuclear) é uma maleta preta que sempre acompanha o Presidente dos Estados Unidos e que contém instruções, guias e aparelhamento para autorizar o uso de armas nucleares de maneira imediata, onde quer que o presidente esteja. Há poucas informações e muitas especulações sobre esse equipamento, seu conteúdo e sua operação.

O jornal The Washington Post afirma que "o Presidente sempre é acompanhado por um militar que carrega a pasta. Dentro dela estão relatórios, um cartão codificado de uso exclusivo do Presidente e os códigos para o lançamento de armas nucleares."

Já um artigo do jornal USA Today garante que "existem três pastas e não uma, a primeira viaja com o Presidente, uma reserva está guardada na Casa Branca e a terceira está com o Vice-presidente."

Fonte destas informações: https://pt.wikipedia.org/wiki/Nuclear_Football

A ANALOGIA COM AS EVIDÊNCIAS BÍBLICAS

Da mesma forma que essas "maletas nucleares" representam um poder devastador, as evidências a favor da origem sobrenatural da Bíblia são devastadoras para a incredulidade. Afirmações baratas do tipo "a Bíblia é um livro de lendas e mentiras" jamais sairão da boca de quem tiver, ao menos, uma pálida ideia dos 7 tipos de evidências que apresentaremos a seguir.

As pesquisas do Arquivo7 estão voltadas para o estudo das evidências que PROVAM a inspiração sobrenatural da Bíblia. Essas evidências, apresentadas em cerca de 47.000 páginas, envolvem Matemática, Física, Química, Astronomia, Geografia, História, Filosofia, Arqueologia, Antropologia, Sociologia, Psicologia, Linguística, além de muitas outras áreas do conhecimento humano. Portanto, não foi um ignorante, inculto, analfabeto ou fanático religioso que elaborou este trabalho.

Na Enciclopédia Arquivo7 estão coletadas, literalmente, centenas de evidências que provam a singularidade e sobrenaturalidade da Bíblia. Podemos classificar essas evidências em 3 tipos ou círculos: Profecia, Matemática e Profecia Matemática. A seguir, os detalhes sobre esses círculos:

1º CÍRCULO = PROFECIA

Uma das coisas que colocam a Bíblia acima de qualquer outro livro é a profecia. São centenas e centenas de detalhes proféticos a respeito de pessoas e povos, muitos escritos com até 3000 anos de antecedência.

Por si mesmo, nenhum ser humano possui o dom (ou capacidade) de acertar 100% um conjunto tão grande de detalhes a respeito de alguém do futuro. Mas os profetas de Israel alegavam receber suas revelações de uma Entidade Superior, a qual se declarava a Única capaz de prever o futuro.

“... diz o Senhor... diz o Rei de Jacó ... mostrai-nos as coisas futuras. Anunciai-nos as coisas que ainda hão de vir, para que saibamos que sois deuses;...”(Isaías 41.21-23).

A 1ª “MALETA NUCLEAR” – As profecias sobre O Messias

Os detalhes proféticos cumpridos na vida de Jesus de Nazaré desafiam todas as probabilidades matemáticas de terem acontecidos por mero acaso. As profecias detalharam, centenas de anos antes:

a) Como Ele seria;

b) Onde Ele nasceria e viveria;

c) E Quando apareceria no cenário mundial.

O fato singular, senhoras e senhores, é que, em toda a história mundial, nenhum homem teve sua história contada centenas de séculos antes do seu nascimento. Nenhum, a não ser JESUS DE NAZARÉ!

A 2ª “MALETA NUCLEAR” – As profecias sobre Israel

As centenas de profecias sobre Israel possuem detalhes chocantes a respeito do futuro desse povo – e tais detalhes têm se cumprido na História, até os nossos dias, de forma surpreendente. Em suma, essas profecias tratam:

a) do passado, presente e futuro desse povo;

b) do Antissemitismo, isto é, o terrível preconceito que eles sofreriam por parte das nações;

c) da incrível influência deles na história mundial, isto é, nas artes, ciências e cultura.

Portanto, senhoras e senhores, na história mundial nenhum outro povo teve sua história contada, com centenas de detalhes, centenas de séculos antes de acontecer; nenhum povo sofreu tantas humilhações e massacres e sobreviveu; nenhum outro povo, mesmo afastado de sua terra por quase 2000 anos, conseguiu retornar, ressuscitar sua língua original e se tornar um exemplo de inteligência e prosperidade para o mundo... nenhum povo, a não ser ISRAEL!

A 3ª “MALETA NUCLEAR” – As profecias sobre as Nações

Um outro pacote de profecias bíblicas envolve dezenas de nações, tais como: Egito, Assíria, Babilônia, Pérsia, Grécia, Roma, Turquia, etc. São povos demais, com detalhes demais, que desafiam quaisquer probabilidades matemáticas. As principais profecias sobre este tema são:

a) O sonho de Nabucodonosor – Daniel 2

b) Os 4 reinos – Daniel 7

c) As 7 cabeças da Besta – Apocalipse 13 e 17

d) As profecias sobre a Babilônia – Jeremias 50 e 51; Isaías 13; Apocalipse 17 e 18; etc.;

O cético não tem saída. São mais de 100 detalhes proféticos que podem ser relacionados com profecias específicas a respeito de diversos povos citados na Bíblia; depois, temos centenas de predições específicas sobre Israel; por último, o cético ainda tem de lidar com as centenas de profecias sobre Jesus de Nazaré.

A Teoria das Probabilidades deixa claro que, quanto maior o número de dados, mais improvável se torna a adivinhação, até alcançar o ponto do impossível.

As revelações e visões do futuro, dadas aos profetas de Israel, fazem o impossível se tornar possível, e provam, sem sombras de dúvidas, que o Deus deles É DEUS!

          Se um cético gastar a vida toda tentando contestar apenas uma das “maletas” acima, temos plena certeza de que jamais o conseguirá. Agora imagine tentar contestar as três. IMPOSSÍVEL!!! Ou seja, cada uma, por si mesma, possui potencial mais do que o suficiente para detonar toda a incredulidade do mundo.

          Mas, senhoras e senhores, temos aqui não somente 3 “maletas nucleares”, mas 7. Vejamos os detalhes das outras:


2º CÍRCULO = MATEMÁTICA

          As profecias bíblicas, mesmo sendo claras, evidentes e facilmente comprováveis nos acontecimentos mundiais, podem ser discutidas pelos céticos, pois, no final das contas, envolvem interpretações humanas e estas não são infalíveis. Entretanto, com a matemática é muito diferente.

Os fatos matemáticos transcendem a imperfeição humana. São imutáveis, eternos, incontestáveis. O Deus bíblico é apresentado como Imutável, Eterno e Incontestável. Por essas e outras razões é lógico acreditar que, de alguma forma, a Matemática está conectada com a Bíblia – e temos centenas, milhares de razões para assim o crer (como prova a Enciclopédia Arquivo7).

A Matemática é tão importante que o Universo inteiro depende dela; e é tão interessante que parece mágica. Porém, o mais incrível de tudo é que está conectada com várias passagens e eventos bíblicos.

É fora de qualquer dúvida que, se existe uma ciência que possa ser chamada de perfeita, a Matemática é essa ciência. E as conexões entre muitos conceitos matemáticos e os eventos bíblicos é algo que só podemos classificar como surpreendente.

A perfeição dos conceitos matemáticos sugere fortemente a existência de Deus, a Perfeição Absoluta. A natureza dos números parece-se demais com a Natureza do Deus de Israel, para que seja somente coincidência.

Enfim, a conexão da Matemática com a Bíblia, apresentada no Arquivo7, pode ser subdividida em 3 grupos:

A 4ª “MALETA NUCLEAR” – O Código Gênesis

Tese Arquivo7: A primeira frase da Bíblia é singular, inimitável, com uma estrutura matemática impossível de ser reproduzida em qualquer outra frase, sem paralelos na literatura mundial. A primeira frase bíblica não pode ter sido mera criação humana. Com base em que fazemos uma alegação tão ousada?

Como as línguas originais da Bíblia (hebraico e grego) são línguas alfa-numéricas, toda palavra tem um valor numérico. O padrão matemático que existe nas primeiras palavras da Bíblia é extraordinário.

A primeira frase da Bíblia (em Gênesis 1.1) contém, no original hebraico, somente 7 palavras e 28 letras. Sim, e somente nessa pequena frase podemos encontrar mais de 100 padrões matemáticos. A quantidade e complexidade deles evidencia claramente a impossibilidade de terem sido elaborados pela limitada mente humana.

E ainda resta o fato de que esses padrões estão inseridos num texto escrito cerca de 1500 anos antes de Cristo, numa época primitiva e tecnologicamente limitada, se comparada à nossa.

Na Enciclopédia Arquivo7 existe uma série, intitulada O CÓDIGO GÊNESIS (somente para tratar deste fascinante tema), com 37 capítulos, e cerca de 4.300 páginas. Além disso, existem muitos outros capítulos com mais detalhes e descobertas sobre o mesmo assunto.

É muita coisa para ser ignorada. É muita evidência para ser desprezada. São muitos detalhes para serem considerados apenas obras do acaso. São coincidências demais para serem apenas coincidências

A 5ª “MALETA NUCLEAR” – A Razão Áurea

A Razão Áurea, ou Divina Proporção, ou Medida Perfeita, é tão poderosa e fascinante que muitos céticos evitam tocar no assunto. Principalmente porque ela se relaciona com alguns conceitos, objetos e eventos bíblicos.

Sim, esse famoso conceito matemático, muito associado aos padrões de beleza e harmonia, está envolvido em muitas áreas do conhecimento humano e, principalmente, na Bíblia.

O fato bem evidente de que uma sequência numérica (Fibonacci) se relaciona com uma constante matemática (número phi); que ambos aparecem frequentemente na Natureza; e que ainda se conectam com a Bíblia, não pode ser ignorado facilmente.

Apesar da Bíblia ter sido escrita durante 1500 anos por cerca de 40 autores diferentes, de diferentes tempos e lugares, apresenta uma harmonia temática tão surpreendente que dá a impressão de que foi elaborada por uma Mente Única (em outras palavras: as evidências provam que Deus inspirou os escritores da Bíblia).

É incrível, por exemplo, como a Razão Áurea conecta algumas das alianças mais importantes entre Deus e os homens – mesmo que algumas delas estejam separadas por centenas de anos!

Os 21 capítulos (com cerca de 2.500 páginas) sobre este tema são razões suficientes, que merecem alguma consideração por parte dos céticos. As muitas coleções de exemplos de Razão Áurea na Bíblia estão muito além das meras coincidências.

A 6ª “MALETA NUCLEAR” – O Código dos Capítulos Bíblicos

Apesar do Arquivo7 ter 30 anos, somente nos últimos dois anos o foco das investigações bíblico-matemáticas voltou-se (na verdade, descobriu) para uma riqueza incalculável de padrões matemáticos entranhados na estrutura da Bíblia. Isto é, na sua quantidade (e posição) de livros e capítulos. E O PRATO DAS EVIDÊNCIAS A FAVOR DA INSPIRAÇÃO SOBRENATURAL DA BÍBLIA PASSOU A PESAR MUITAS TONELADAS A MAIS.

Em síntese: Os mesmos números-chave que aparecem no original hebraico da primeira frase da Bíblia (em centenas de padrões), também aparecem, de forma impressionante, nas divisões da Bíblia em capítulos. Por exemplo, na Bíblia toda existem somente 7 capítulos de número 37. Agora observe a equação abaixo:

7337^37 (isto é, 7337 multiplicado por si mesmo 37 vezes) dará um numerozão de 144 algarismos:

 105726828730440629751530188312485946172459756581651478232002049740807178023210518994824730992871688320585892609551913958175184120260247427836617.

Se contarmos, a partir do 1º capítulo da Bíblia (Gênesis 1), até pararmos nesse numerozão, iremos parar exatamente no capítulo 37 de Êxodo.

E se calcularmos 7337^337, teremos um número de 1.303 algarismos, que também irá parar em Êxodo 37.

Por último, se calcularmos 7337^7337, teremos um número absurdo, formado por 28.362 dígitos. É um número tão grande que, acredite ou não, é maior do que a quantidade total de todos os fios de cabelos dos atuais 7 bilhões de habitantes da Terra. E, no final, senhores e senhores, esse numerozão absurdo, também é equivalente a Êxodo 37ALGO IMPOSSÍVEL DE TER SIDO ELABORADO PELA MENTE HUMANA!

E temos mais de 100 exemplos parecidos com esses aí – ou seja, são evidências demais para que os céticos possam digerir e contestar.

3º CÍRCULO = PROFECIA + MATEMÁTICA

          Se a Profecia Bíblica é impossível de ser negada, refutada, contestada, etc., a Matemática Bíblica o é ainda mais, infinitamente mais. Agora imagine a mistura dessas duas super evidências.

A 7ª “MALETA NUCLEAR” – As Profecias Matemáticas

          Quando a profecia se conecta com a matemática, temos, na Bíblia, muita coisa pra estudarmos, entre as quais:

a) As 70 semanas sobre Israel – Daniel 9;

b) os 390 e 40 dias de Ezequiel – Ezequiel 4;

c) As 2.300 tardes e manhãs – Daniel 8.

          Profetizar detalhes a respeito de certa pessoa ou nação (E AINDA ACERTAR), com centenas de anos de antecedência, é algo impossível para a mera mente humana. Agora imagine, se além de acertar os detalhes desse evento, centenas de anos no futuro, o profeta ainda acertar até a data exata?

          Pois encontramos tal fenômeno na Bíblia. E não existe explicação humana pra isso. Por exemplo, os dois anos mais importantes da nossa época, claramente relacionados às profecias bíblicas, são:

          1948 = Independência Política do Estado de Israel (renascimento de Israel como nação, após quase 2000 anos sem pátria);

          1967 = Reconquista de Jerusalém por Israel (após 2.500 anos em mãos estrangeiras), durante a Guerra dos 6 Dias.

          Esses dois eventos foram clara e abundantemente, profetizados na Bíblia, mais de 2000 anos atrás – e o mais chocante: muitos números que aparecem nas profecias, quando calculados entre si, apontarão para os anos de 1948 e 1967. Só o Deus de Israel é capaz de tal proeza, meus amigos!

          Portanto, estou plenamente convicto (e com provas) que ninguém pode contestar essas 7 “Maletas Nucleares” das Evidências Bíblicas.

Senhoras e senhores, todos estes temas são detalhadamente estudados na Enciclopédia Arquivo7. São 333 capítulos e 47.000 páginas de investigações sobre Profecias Bíblicas, Números e Matemática na Bíblia, fenômenos sobrenaturais, mistérios e quebra cabeças deste e do outro mundo; um pacote de coisas estranhas e surpreendentes, para desafiar seus conceitos e visão de mundo. Fique à vontade para questionar as teses e conclusões defendidas. Mas duvido que consiga contestar a metade da terça parte delas.

"Porque está escrito: Destruirei a sabedoria dos sábios, e aniquilarei a inteligência dos inteligentes."
(1 Coríntios 1.19)

Moacir Junior – morganne777@hotmail.com

Nenhum comentário:

Postar um comentário