Enciclopédia Arquivo7 no MEGA

quarta-feira, 8 de setembro de 2010

A PERIGOSA LUA NOVA DE SETEMBRO


A RELAÇÃO ENTRE ROSH HASHANÁ, O ATAQUE TERRORISTA AO WTC E O JULGAMENTO FINAL

“Hoje (quarta-feira) à noite se inicia Rosh Hashaná – o novo ano judaico. Esta data, 1o de Tishrei, foi o sexto dia da Criação, quando D’us criou Adão, o primeiro homem, e Eva, a primeira mulher. Rosh Hashaná é celebrado em todo o mundo, inclusive em Israel, nos primeiros dois dias do mês de Tishrei. Em Rosh Hashaná, D’us decreta o destino de todos os seres vivos para o ano que acaba de se iniciar. Portanto, na primeira noite de Rosh Hashaná, desejamos uns aos outros, ‘Leshana Tovah Tekatev Vitechatem’: ‘Que você seja inscrito e selado para um bom ano’.” (http://www.morasha.com.br/ 08-09-2010)

Na semana em que os judeus comemoram o inicio do Novo Ano, os americanos e o mundo relembram o terrível atentado de 11 de setembro de 2001. Ambos os acontecimentos são proféticos, isto é, possuem relações com as profecias bíblicas.

Das 7 Festas Proféticas de Israel (instituídas em Levítico 23), a 5.ª festa (das Trombetas) acontece sempre no inicio do Ano Novo Judaico. Vejamos algo mais sobre essa misteriosa festa.

As trombetas eram feitas de um chifre de carneiro. Esta festa era comemorada no sétimo mês, o mês de Etanim (I Rs.8:2), que mais tarde passou a chamar-se mês de Tishri, e corresponde a setembro ou outubro.

a) Atualmente esta festa é denominada Rosh Hashanah = Ano Novo, pois assinala o início do ano civil. Da mesma forma que o sétimo dia é santificado pelo descanso e pela adoração, assim também o sétimo mês do ano é santificado por três festas: Trombetas, Dia da Expiação e Tabernáculos. A Festa das Trombetas era um dia de descanso solene, no qual as trombetas eram tocadas a fim de reunir Israel (Nm.10:10).

b) Essa 5.ª festa é certamente a mais misteriosa de todas as sete. Enquanto nas outras são explicados os motivos e objetivos, o mesmo não ocorre com essa 5.ª festa. Por quê? Ela é a primeira do último grupo, e esse último grupo (o terceiro) é o GRUPO DOS ACONTECIMENTOS FINAIS. Portanto, a festa das Trombetas está ligada aos acontecimentos do fim dos tempos!

c) Ela é sempre comemorada no dia da lua nova, quando a noite é escura (em contraste com a Páscoa e a dos Tabernáculos, que sempre caem na lua cheia). Deus não revela a razão dessa festa, diz apenas para o povo de Israel se reunir para o descanso solene. Somente mais tarde, por meio dos profetas, O SENHOR começa a dar pistas sobre o significado dessa 5.ª festa.

d) A palavra "trombeta", em hebraico é Shofar. O Shofar é um chifre, preparado para o uso como um instrumento musical. Contudo, é mais para fazer ruído do que propriamente música. Seu som é descrito como: "áspero, agudo e ruidoso." É feito de chifre de CORDEIRO, CABRA SELVAGEM, ANTÍLOPE, KUDU AFRICANO, ou GAZELLE - Nunca de uma vaca ou de um boi porque as vacas não eram referência sacrifical dos animais. O chifre preferido é o curvado.

e) PARA OS HEBREUS, O CHIFRE ERA SÍMBOLO DE PODER. Não somente poder físico (Deut. 33:17), mas também do poder santo - O altar de bronze era decorado com 4 chifres (Êxodo 27:1; 30:2). “O Senhor é o "chifre" (= força) da nossa salvação" - 2 Samuel 22:3, Salmos 18:2.

f) De acordo com a tradição judaica, o Shofar, é tocado na Festa das Trombetas, além das trombetas de prata (Veja Números 10:1-10). As trombetas de prata poderiam produzir uma variedade das notas, mas o Shofar produz somente um som que é a explosão da perfuração.

g) A Festa das Trombetas é um dia de alegria e de grande regozijo, mas tem também uma nota de solenidade. Por quê? Por causa dos eventos de agitação da terra que ocorrerão imediatamente antes do retorno de Cristo. A festa das trombetas ocorre no sétimo mês, e as profecias indicam que os acontecimentos finais começarão com a abertura de um livro selado com 7 selos (Apocalipse 6), seguidos por uma série de julgamentos derramados por 7 trombetas e depois 7 taças. O número 7 significa também conclusão de um período, de uma história, de uma era.

h) Deus mandou Moisés fazer duas trombetas de prata e deviam ser usadas: "para convocar a congregação e para a partida dos arraiais" Também deveriam ser tocadas quando fossem sair para pelejar contra os inimigos, então Deus se lembraria deles e os livraria dos inimigos (Números 10:2-3;9). Também deveriam ser tocadas em dias de celebração, de alegria, nas solenidades, e no início de cada mês, e ainda quando houvesse sacrifício no holocausto. (Números 10:10). Mas havia também uma outra trombeta que deveria soar na festa das trombetas, e deveria ser uma trombeta especial feita de chifre, chamada "Shofar".

i) O Shofar fala do REAJUNTAMENTO DO POVO DE ISRAEL. As profecias indicam que Jesus voltará depois que o povo de Israel tiver sido juntado e levado de volta à sua antiga pátria – e isso começou acontecer em 14 de maio de 1948! Vivemos hoje no pleno cumprimento profético dessa festa, pois milhares de judeus continuam retornando para a terra de Israel. Os profetas costumam relacionar o reajuntamento de Israel com as trombetas. "Naquele dia se tocará uma grande trombeta, e os que andavam perdidos pela terra da Assíria, e os que forem desterrados para a terra do Egito tornarão a vir, e adorarão ao Senhor no monte santo em Jerusalém." (Isaías 27:13)

j) Mas a segunda parte dessa festa fala de outro ajuntamento de pessoas. O apóstolo Paulo revela o segredo em I Coríntios 15.51-52: “EIS AQUI VOS DIGO UM MISTÉRIO: NEM TODOS DORMIREMOS MAS TODOS SEREMOS TRANSFORMADOS, NUM MOMENTO, NUM ABRIR E FECHAR DE OLHOS, AO SOM DA ÚLTIMA TROMBETA; PORQUE A TROMBETA SOARÁ, E OS MORTOS SERÃO RESSUSCITADOS INCORRUPTÍVEIS, E NÓS SEREMOS TRANSFORMADOS.” As profecias dizem que um dia O Senhor Jesus retornará e levará os Cristãos para o Céu, arrancando-os da terra, repentinamente e de forma espetacular. Isso é chamado pelos estudiosos de ARREBATAMENTO. Observe que Paulo fala de TROMBETA e fala de MISTÉRIO.

k) Se a festa de Pentecostes simboliza a missão dos Cristãos na terra, dominados pelo Espírito Santo, as Trombetas representam o FIM DA MISSÃO, O MOMENTO FINAL, A ÚLTIMA VIAGEM. E acontecerá na noite de lua nova, isto é, quando a noite espiritual da humanidade for bem escura. Por isso está escrito: “MAS À MEIA-NOITE OUVIU-SE UM GRITO: EIS O NOIVO! SAI AO SEU ENCONTRO!” (Mateus 25.6).

l) O shofar é usado também como um alarme da guerra: "Tocai a trombeta (shofar) em Sião, e dai voz de rebate no meu santo monte; perturbem-se todos os moradores da terra, porque o dia do Senhor vem, já está próximo."(Joel 2:1)

Como Jeremias reagiu quando ouviu o som do shofar? "Ah! meu coração! meu coração! Eu me contorço em dores. Oh! as paredes do meu coração! Meu coração se agita! Não posso calar-me, porque ouves, ó minha alma, o som da trombeta (shofar), o alarido de guerra" (Jeremias 4:19). Jeremias ficou cheio de medo com o som do shofar retinindo como alarme para guerra, significando que a morte e a destruição estavam próximas. É este aviso da guerra que dá à festa das trombetas um toque de seriedade e de solenidade! Após a partida dos Cristãos para o Céu, o Anticristo dominará o planeta terra durante 7 anos, causando o maior terror que este mundo já viu.

Relembrando que essa Festa cheia de significados ligados aos Tempos Finais será comemorada nestes próximos dois dias (9 e 10 de setembro, começando às 18:00 horas de hoje, 08 de setembro de 2010).

E a relação com o World Trade Center?

Se existem acontecimentos especialmente dramáticos e relacionados às profecias bíblicas, o ataque terrorista de setembro de 2001 foi um deles.

O século XXI foi inaugurado de maneira horrenda, levando a Humanidade a uma nova era, denominada por alguns de “era do terror”. E esse ataque aconteceu por causa da crise árabe-israelense, ou seja, devido ao apoio americano a Israel – e com isso entramos novamente nas páginas bíblicas sobre as profecias finais.

A coisa fica ainda mais interessante ao constatarmos que as Torres Gêmeas foram derrubadas justamente uma semana antes da soleníssima Festa das Trombetas em Israel (que, em 2001, aconteceu em 18 de setembro). Coincidências?

Enquanto o mundo estava num clima de terror, os judeus comemoravam a “festa do julgamento”.

Neste ano, o dia do World Trade Center ocorre NA MESMA semana da Festa das Trombetas, e por isso é impossível não lembrarmos das relações proféticas.
Quando os profetas falam da chegada do futuro Dia do SENHOR, três elementos são freqüentemente citados: TROMBETAS, TREVAS E TORRES. Vejamos:

“Sobre todo monte alto, e todo outeiro elevado haverá ribeiros e correntes de águas, no dia da grande matança, quando caírem as torres. (...) Eis que o nome do Senhor vem de longe ardendo na sua ira, e com densa nuvem de fumaça; os seus lábios estão cheios de indignação, e a sua língua é como um fogo consumidor;...” (Isaias 30.25,27).

“O grande dia do Senhor está perto; sim, está perto, e se apressa muito; ei-la, amarga é a voz do dia do Senhor; clama ali o homem poderoso. Aquele dia é dia de indignação, dia de tribulação e de angústia, dia de alvoroço e de assolação, dia de trevas e de escuridão, dia de nuvens e de densas trevas, dia de trombeta e de alarido contra as cidades fortificadas e contra as torres altas.” (Sofonias 1.14-16).

“Tocai a trombeta em Sião, e dai o alarma no meu santo monte. Tremam todos os moradores da terra, porque vem vindo o dia do Senhor; já está perto; dia de trevas e de escuridão, dia de nuvens e de negrume!...” (Joel 2.1-2).

Não sabemos quando realmente começarão os juízos apocalípticos. Mas, se Jesus morreu durante a Páscoa, ressuscitou durante a Festa das Primícias e Sua Igreja foi inaugurada na Festa de Pentecostes, não seria de admirar se os grandes acontecimentos apocalípticos estourassem justamente no 7.º mês do calendário religioso de Israel, durante as três últimas festas, a começar pela Festa das Trombetas.

“Prepara-te, ó Israel, para te encontrares com o Teu Deus!” (Amós 4.12).

Um comentário:

  1. Não foi atentado! As torres gêmeas foram construídas para serem derrubadas, elas não tinham a parte de cima na horizontal (iria dar muito na cara) foi um portal criado para o mega sacrifício de mais de 3.000 vidas,assim libertando satanás nesta dimensão, Bush e irmãos sabiam e fizeram parte do ritual satânico. o uso indiscriminado da palavra "liberdade"ou freedon pelos americanos se referia a isso, liberdade de satã para esse plano terrestre, foi o que ocorreu no 11 de setembro, não tem nada de ataque terrorista como pensam os de senso comum.

    ResponderExcluir