Enciclopédia Arquivo7 no MEGA

domingo, 11 de setembro de 2011

MINHA EXPERIÊNCIA PROFÉTICA COM O 11 DE SETEMBRO...


Em meio a tantos documentários, programas, filmes, livros e artigos sobre o maior atentado terrorista da História, decidi compartilhar também alguma coisa a respeito, pois as pesquisas do Arquivo7 possuem uma conexão bem forte com os eventos de 11 de setembro de 2001. Os textos a seguir são recortes de vários artigos ou trechos de romances que escrevi a partir de 2003.

No Romance Arquivo7 “OS JOVENS QUE SABIAM DEMAIS”, entre lendas, ficção e fatos históricos, conto aqui e ali fragmentos autobiográficos, geralmente relacionados a um personagem chamado Morganne (originalmente um personagem de histórias de mistério, porém mais tarde, passei a usá-lo como pseudônimo). Os textos publicados a seguir não são ficção:

“Era uma manhã de terça feira como muitas outras. Morganne saiu para o trabalho. O mundo continuava do mesmo jeito, mas não havia nenhum clima de guerra internacional. Também em Nova York, aquela manhã estava esplêndida. O dia tinha acabado de nascer e o sol sorria para todos. Milhões de pensamentos estavam ocupados com as preocupações diárias; mães preparavam seus filhos para levar para a Escola; grandes empresários saiam satisfeitos preparados para fechar grandes e importantes negócios. 11 de Setembro de 2001, terça feira. Diante daquele clima tão bom naquela linda manhã, ninguém (ou quase ninguém) esperava o inferno que estava para acontecer.”

“Mas aconteceu.”

*******

“Numa espantosa ação coordenada, e tendo como armas grandes jatos comerciais seqüestrados carregados de combustível, terroristas lançaram um gigantesco e devastador ataque contra os Estados Unidos. Os alvos não poderiam ser mais simbólicos do poderio econômico e militar dos EUA: as torres gêmeas World Trade Center, de 110 andares, no distrito financeiro de Nova York, que desabaram menos de uma hora depois de ser atingidas, às 8h45 (horário local), e o Pentágono, sede do Ministério da Defesa e do comando das Forças Armadas, em Washington.”

“Os vôos internacionais com destino aos EUA são desviados para o Canadá, aeroportos suspendem suas operações e as fronteiras do país são fechadas. Fumaça, poeira e entulho se espalham por um raio de mais de 20 quadras do World Trade Center. Em Cabul, o Taliban, partido fundamentalista que controla o Afeganistão e dá guarida à organização terrorista de Osama Bin Laden, nega qualquer responsabilidade no atentando. Em Washington, as primeiras suspeitas se concentram em Bin Laden, multimilionário saudita que os EUA responsabilizam por ataques com carros-bomba contra embaixadas americanas na África, em 1998. Há cerca de 15 dias os serviços de inteligência dos EUA obtiveram informações de que associados de Bin Laden falavam sobre “um ataque catastrófico” contra alvos americanos.”

“Especialistas em terrorismo dizem que só Bin Laden tem os recursos e a organização necessários para lançar ataques coordenados. “Estamos em guerra”, declara George W. Bush.(Almanaque Abril, editora Abril, 2002)”.

*******

“Se cada época especial da História foi marcada por um acontecimento de proporções gigantescas (geralmente uma catástrofe), seria apenas coincidência um atentado tão poderoso ter acontecido justamente no primeiro ano oficial do 7.º Milênio desde os tempos de Adão?”

“11 de Setembro de 2001. Morganne estava no seu local de trabalho (mais ou menos às 11:00 h). Naquele momento um amigo se aproximou e disse:

-Tu sabias que os Estados Unidos estão sendo atacados?

Acostumado com o jeito brincalhão de seu amigo, e achando aquela afirmação absurda demais, Morganne não deu nenhuma importância. Achou que o amigo estava se referindo a alguma intervenção americana em alguns desses paises rebeldes asiáticos ou africanos. Coisa que acontecia de vez em quando. Parecia até que Morganne tinha se esquecido da Grande Expectativa com relação àquele mês (naquele mês ele completaria 30 anos, um número bíblico simbólico, e por isso, achava que aconteceria algo relacionado às suas pesquisas. Bem, como dizem por aí: cada louco com suas manias).

Aproximadamente ao meio dia, uma senhora (ligada à empresa em que ele trabalhava) aproximou-se dele e falou:

-Tu sabias que os Estados Unidos estão sendo bombardeados? Já lançaram mísseis contra a casa branca, Washington,... (É claro que nenhum míssil foi lançado contra os Estados Unidos naquele dia, mas a senhora usou exatamente essa palavra).

- O quê? Você tem certeza? - Ele ficou paralisado. Alguns segundos depois saiu correndo feito louco até sua casa, e lá chegando, ligou rapidamente a televisão. Ao ver as palavras “ao vivo”, olhou nos outros canais e percebeu a gravidade da coisa. A maioria dos canais estava mostrando ao vivo as torres gêmeas do World Trade Center em chamas.

- Deus do céu! – exclamou ele – será isso o inicio do fim?

Quando se falou da possibilidade dos terroristas serem islâmicos, ele pensou na crise árabe-israelense e na próxima guerra mundial (que segundo a Bíblia) acontecerá por causa dessa crise. Naquele momento, ele se lembrou de que há quase duas semanas antes, os Estados Unidos tinham se retirado de uma Conferência sobre racismo, na África, ao lado de Israel, em sinal de protesto, quando os árabes tentaram aprovar um documento colocando Israel como um país racista.

Ele lembrou também que os profetas falam que na última guerra Israel ficará sozinho contra o mundo todo. Os Estados Unidos são o único país do mundo a apoiar Israel. Se eles forem destruídos, Israel ficará sozinho. Tudo isso se passou na mente de Morganne naquele momento tenso, pois havia mais de 10 anos que ele estudava esse tipo de coisa.

De repente, uma outra coisa o deixou ainda mais perplexo. Olhou para o calendário. Era 11 de setembro. Isto significava que faltava então 7 dias para o seu aniversário de 30 anos, a idade profética! Exatamente 7 dias! Mas isso não era tudo. A data de seu aniversário em 2001 iria coincidir exatamente com a comemoração da Festa das Trombetas, em Israel, uma festa profética, simbolizando um acontecimento especial do final dos tempos, conforme Morganne descobriu investigando o mistério do número 7.

Será que tudo não passava de coincidências? Se fossem, eram coincidências demais para serem ignoradas. E se não fossem?”

*******

Última semana de Setembro de 2001. Morganne estava tenso, muito tenso. Acompanhava pela TV a agitação mundial por causa dos ataques terroristas aos Estados Unidos. Todos aguardavam a decisão americana. Será que os Estados Unidos atacarão ou não o Afeganistão? Morganne olhou para o calendário. Na outra semana começaria a Festa dos Tabernáculos em Israel. Esta festa tem um grande significado nas profecias da Bíblia e estava muito ligada às pesquisas de Morganne, pelas seguintes razões:

- É uma das 7 festas proféticas de Israel, conforme o mandamento do Senhor em Levítico, capítulo 23;

- É exatamente a 7.ª festa;

- É realizada no 7.º mês do calendário religioso judaico (que é o 1.º do calendário civil);

- Tem a duração de 7 dias;

- Nos tempos bíblicos durante a realização dessa festa era sacrificado um número significativo de animais, sempre no padrão 7: 7 bodes, 14 carneiros (2 x 7), 70 novilhos e 98 cordeiros (que é 7 + 7 x 7);

- De acordo com os profetas essa última Festa simboliza o futuro Reino de Cristo na Terra (Zacarias 14).

Morganne tocou no calendário e observou o período da lua cheia. Notou que em 2001 a festa judaica dos Tabernáculos aconteceria na 1.ª semana de Outubro, ou seja, do dia 1.º ao dia 7.

Ele começou a imaginar coisas. No período da Festa das Trombetas, o mundo estava em choque por causa do atentado às torres americanas. Agora, estava se aproximando a última das 7 festas proféticas judaicas. Será que alguma coisa especial (e dramática) iria acontecer na próxima semana, durante a comemoração da 7.ª festa?

Ele estava tenso por causa de suas teses estarem se encaixando perfeitamente com os acontecimentos mundiais atuais. Sua experiência quase um mês atrás (11 de Setembro) foi inquietante. Aproxima-se da janela, olha o céu azul e ventilado e pensa: “Será que ainda temos tempo para publicarmos as pesquisas do Arquivo 7?”

*******

07 de Outubro de 2001, domingo. 13 horas e pouco mais de 30 minutos. Um plantão jornalístico interrompeu o programa de televisão que Morganne estava assistindo. O noticiário informava que os EUA haviam iniciado há poucos minutos o ataque ao Afeganistão. Morganne ficou paralisado. Na sua mente ficou como que piscando uma data: 07 de Outubro! Por que?

Ele correu para conferir suas pesquisas e ficou novamente tenso. Uma estranha mistura de emoções: ansiedade e excitação. De acordo com o calendário judaico, aquele 07 de Outubro naquele ano estava coincidindo com o 7.º dia da festa dos Tabernáculos.
Novamente as teses do Arquivo 7 vinham à tona. O inicio do 7.º milênio estava sendo muito agitado.”

Bem, foi um período bem tenso. Naquelas semanas explosivas (de 11 de setembro até o inicio da guerra no Afeganistão), preguei muitas mensagens bíblicas, dando ênfase ao que estava acontecendo. Não se podia negar que (direta ou indiretamente) tudo tinha relação com Israel e a crise no Oriente Médio. Em outras palavras: TUDO ESTAVA CONECTADO COM AS INCRÍVEIS PROFECIAS BÍBLICAS.

Mais tarde, minha atenção foi despertada pela quantidade de fatos envolvendo o número 11 e os atentados. Muita gente percebeu isso, mas uma enxurrada de manipulações numéricas foram lançadas na Internet, tentando mostrar o número 11 em qualquer coisa.

Entretanto, tirando-se essas “coincidências forçadas”, é difícil não se impressionar com os seguintes fatos numéricos:

01 – A tragédia ocorreu no dia 11 de Setembro.

02 – Somando-se o número do mês (9) com o dia (1 + 1) temos outro 11.

03 – O número do vôo do primeiro avião a se chocar contras as torres era justamente 11.

04 – E tinha exatamente 11 tripulantes.

05 – 11 tripulantes + 81 passageiros (1 + 1 + 8 + 1 = 11)

06 – A torre Norte do World Trade Center tinha 110 andares (10 x 11) e a torre Sul também.

07 – As duas torres ao longe formavam um gigantesco número 11.

08 – 11 de Setembro é o 254.º dia do ano (2 + 5 + 4 = 11).

09 – Após 11 de Setembro restam apenas 111 dias no ano.

10 – O telefone de emergência nos Estados Unidos é 911 (somados entre si dá 11). Ninguém pode negar que em 11/9 (de 2001) o telefone mais tocado nos EUA foi o 911.

11 – Uma curiosidade matemática: 11 + (11 + 11) x (11 + 11) = 253, que no calendário é equivalente ao dia 10 de setembro, véspera do dia 11.

Na Bíblia, geralmente o número 11 está relacionado a medo, fracasso, coisas incompletas, etc.

- CANAÃ (QUE NOÉ AMALDIÇOOU) TEVE 11 FILHOS;

- ESAÚ TEVE 11 FILHOS; mais tarde seus descendentes se tornaram cruéis inimigos de Israel até hoje.

- NA MORTE DE JESUS, SÓ HAVIA 11 DISCÍPULOS; foi um momento de medo, angústia e grande tristeza.

- JEOAQUIM REINOU 11 ANOS, ATÉ NABUCODONOSOR SUBIR CONTRA ELE E COMEÇAR SUA OBRA DE DESTRUIÇÃO EM JERUSALÉM;

- ZEDEQUIAS REINOU 11 ANOS ATÉ QUE NABUCODONOSOR DESTRUIU JERUSALÉM;

- QUANDO JACÓ PASSOU POR SUA GRANDE ANGÚSTIA, TINHA SOMENTE 11 FILHOS – Gênesis 32; essa é justamente a primeira passagem bíblica a mencionar o número 11.

- A FOME VEIO SOBRE O MUNDO QUANDO JACÓ ESTAVA COM APENAS 11 DOS SEUS 12 FILHOS – Gênesis 40-45;

- O ANTICRISTO É CHAMADO NA BÍBLIA DE 11.º CHIFRE – Daniel 7.8.

- José viveu 11 anos na casa de Potifar.

Ele tinha 30 anos quando se apresentou diante de Faraó (Gn 41.46); Tinha 17 anos quando foi vendido para os egipcios (Gn 37.2,36); e Ficou dois anos na prisão (Gn 41.1).

A MAIOR TRAGÉDIA DO POVO DE ISRAEL COMEÇOU COM A SUA DIVISÃO EM DOIS REINOS NOS TEMPOS DE SALOMÃO. ESSA DIVISÃO DURA ATÉ HOJE (MAS ACABARÁ QUANDO CRISTO VOLTAR). TUDO OCORREU POR CAUSA DA IDOLATRIA DE SALOMÃO, E O FRACASSO DESSE GRANDE REI É RELATADO JUSTAMENTE NO CAPITULO 11 DO 11.º LIVRO DA BÍBLIA (I REIS); E JUSTAMENTE NO VERSÍCULO 11 DEUS PROMETE DIVIDIR O REINO DE SALOMÃO POR CAUSA DE SUA GRANDE IDOLATRIA! O MAIOR FRACASSO DE DAVI (SEU ADULTÉRIO COM BATE-SEBA) ACONTECEU JUSTAMENTE NO CAPITULO 11 DO LIVRO ANTERIOR (II SAMUEL).
DURANTE SEU MINISTÉRIO TERRENO RELATADO NOS EVANGELHOS, JESUS MENCIONOU A PALAVRA “INFERNO” EXATAMENTE 11 VEZES.

Será que essas coincidências numéricas querem dizer alguma coisa?

“Sobre todo monte alto, e todo outeiro elevado haverá ribeiros e correntes de águas, no dia da grande matança, quando caírem as torres. (...) Eis que o nome do Senhor vem de longe ardendo na sua ira, e com densa nuvem de fumaça; os seus lábios estão cheios de indignação, e a sua língua é como um fogo consumidor;...” (Isaias 30.25,27).

Um comentário:

  1. Gostei.
    E mais, sem falar que:

    New York City tem 11 letras.
    Afeganistão tem 11 letras.
    ‘The Pentagon’ tem 11 letras.
    George W. Bush tem 11 letras
    Nova Iorque é o estado Nº 11 dos EUA.

    Boa Morgane

    ResponderExcluir