Enciclopédia Arquivo7 no MEGA

sexta-feira, 21 de outubro de 2011

IMPRESSIONANTE! – A MORTE DE MUAMMAR KHADAFI NO FINAL DA FESTA DOS TABERNÁCULOS


20 de outubro de 2011. Uma data histórica. Em minha cidade, choveu boa parte da noite e o dia amanheceu “sem sol”. A capital do meu Estado (São Luis, Maranhão) amanheceu coberta d’água e o noticiário mostrou o trânsito caótico. Em minha cidade amanhecemos “ilhados” em matéria de comunicações: sem celular, telefone fixo ou Internet. Tudo fora do ar (menos a televisão). Por volta das 10 horas, eu conversava com um amigo, quando ele me perguntou se eu havia visto o noticiário falando da morte de Muammar Khadafi. Fiquei paralisado (quase todos os dias, costumo ligar a TV bem cedo, enquanto me preparo para sair para o trabalho – hoje não fiz isso porque o tempo amanheceu chuvoso).

- O quê?! Você tem certeza? – Perguntei, ansioso.

- Bem, os jornalistas estavam anunciando a morte do Khadafi, mas ninguém ainda tinha certeza.

Rapidamente corri até minha residência e liguei a TV. As manchetes dos principais noticiários do mundo anunciavam a mesma coisa: “MUAMMAR KHADAFI IS DEAD!” (Muammar Khadafi está morto).

Após o meio dia a autenticidade de um vídeo foi confirmada. O ditador da Líbia, durante 42 anos, estava finalmente fora de combate.

Sim, mas por que tanta euforia minha por causa disso?

Há alguns meses publiquei um texto intitulado “A AGITAÇÃO NO MUNDO ÁRABE E AS PROFECIAS – PARTE 2 – ESTRANHAS CONEXÕES COM AS FESTAS JUDAICAS”. Permitam-me transcrever uma pequena parte desse texto antes de comentar os acontecimentos de hoje.

“Quando começou a atual crise na Líbia, olhei para o calendário, pressionei o dedo indicador sobre o dia 20 de março de 2011 e refleti durante alguns segundos. Por que? Porque havia pesquisado o calendário judaico recentemente e vi que, em 2011, o dia da Festa do Purim seria celebrado em 20 de março, ou mais precisamente, a partir da tarde do dia 19. Sim, e daí?”

“Daí que fiz isso duas semanas ANTES do inicio da guerra na Líbia. Após a revolta egípcia, com a queda do ditador Mubarak, o mundo pensava que a história se repetiria na Líbia. Mas a resistência de Muammar Khadafi tem dado trabalho. Bem, com o crescimento da tensão entre os rebeldes e o governo libio, todos se perguntavam quando começaria a ofensiva militar comandada pela OTAN. Foi nesse período que olhei para o calendário e fiquei imaginando coisas.”

“Quando a França iniciou a ofensiva no dia 19 de março, senti um calafrio. Então a guerra começou de verdade.”

“Você prestou atenção às datas citadas? A Guerra na Líbia começou exatamente no período da Festa judaica do Purim.”

“Quando comecei a estudar as profecias bíblicas fui surpreendido ao notar que muitos acontecimentos bíblicos especiais coincidiram com datas festivas judaicas (Já escrevi muitos artigos sobre isso). Por exemplo, Jesus morreu no período da Festa da Páscoa e Pães Asmos, ressuscitou na Festa das Primícias, e a Igreja Cristã foi inaugurada na Festa de Pentecostes. O Templo construído por Salomão foi inaugurado no período da Festa dos Tabernáculos.”

“Algum tempo depois fui novamente surpreendido ao observar que eventos modernos relacionados ao Oriente Médio costumavam coincidir com os festivais judaicos.”
(...)

“Por essas razões é que, sempre que acontece um evento importante relacionado a Israel, corro para o calendário para ver se coincidiu com alguma festa significativa.”

Antes de prosseguir adiante, seria bom que você lesse o citado texto na sua plenitude (procure neste blog).

Bem, de todas as festas judaicas as mais importantes e significativas são as 7 citadas em Levítico 23. Especialmente as três últimas (do 7.º mês) possuem conexões proféticas surpreendentes com os acontecimentos futuros.

Neste ano, as três últimas das sete festas proféticas de Levítico 23, ocorreram nas seguintes datas:

- 29 e 30 de setembro – Festa das Trombetas – Inicio do Ano Novo Judaico.

- 08 de outubro – Yom Kippur (Dia do Perdão) – Chamado no Antigo Testamento “O Dia da Expiação”, o dia mais sagrado do calendário judeu.

- 13 a 19 de outubro – A Festa dos Tabernáculos (Já escrevi muitas coisas sobre essa importantíssima festa).

Nos últimos três meses, sempre que o noticiário trazia alguma noticia sobre a guerra na Líbia e a busca por Khadafi, eu pensava nas festas judaicas. Em julho deste ano publiquei um estudo em slides intitulado: “AS FESTAS JUDAICAS – MUITO ALÉM DAS COINCIDÊNCIAS”, e também um texto intitulado: “QUAL O MÊS MAIS PROPÍCIO PARA O INICIO DO APOCALIPSE?”, onde eu listo uma série de acontecimentos do século passado que por pouco não desencadearam o fim do mundo. Por exemplo, a crise dos mísseis cubanos, a Guerra do Yom Kippur, o dia em que um russo salvou o mundo de uma guerra nuclear por causa de um erro no computador, etc. Todos esses eventos ocorreram DURANTE A FESTA DOS TABERNÁCULOS.

Observação: em 1973, Israel foi atacado pelo Egito e a Síria no dia 06 de outubro (Yom Kippur), mas conseguiram dar a volta por cima durante a Festa dos Tabernáculos.
Pensando em tudo isso, comentei com algumas pessoas (e também numa série de programas no rádio): O PERÍODO DAS TRÊS FESTAS DO SÉTIMO MÊS DO CALENDÁRIO JUDAICO, É UM PERÍODO BEM PROPÍCIO PARA IMPORTANTES ACONTECIMENTOS NO ORIENTE MÉDIO RELACIONADOS COM AS PROFECIAS.

Certa vez eu disse: “O cerco se aperta cada vez mais para Muammar Khadafi. Não sei o que vai acontecer amanhã, mas se eu tivesse que apostar em algumas datas para a captura ou morte de Khadafi, apostaria nos dias 29 e 30 de setembro (Festa das Trombetas), 08 de outubro (Yom Kippur) e o período entre os dias 13 e 19 de outubro (Festa dos Tabernáculos). Bem, são apenas suposições. Só estou dizendo que essas datas são momentos bem propícios para acontecimentos especiais no Oriente Médio relacionado às profecias bíblicas.”

Os dias 29 e 30 de setembro, e 08 de outubro não trouxeram nada de interessante. Então aguardei o período da Festa dos Tabernáculos. Prestei muita atenção as dias 13, 14, 15, 16, e 17 de outubro, porém nada de interessante nos noticiários internacionais. Mas, na manhã do dia 18 fui surpreendido com a incrível troca de prisioneiros entre Israel e os palestinos. 1.027 prisioneiros palestinos em troca de UM soldado judeu! Foi o acontecimento do dia. Exatamente nas vésperas do final da Festa dos Tabernáculos. Dois dias depois, estava me preparando para escrever um texto sobre o caso, quando sou surpreendido com o anuncio da morte de Khadafi. Ao que parece, as coisas aconteceram no dia anterior (ontem), ou seja, NO 7.º DIA DA FESTA DOS TABERNÁCULOS.

É importante lembrar aqui que essa festa judaica ocorre durante 7 dias, mas existe um dia extra. Veja o texto em Levítico 23.39-43:

“Desde o dia quinze do sétimo mês, quando tiverdes colhido os frutos da terra, celebrareis a festa do Senhor por sete dias; no primeiro dia haverá descanso solene, e no oitavo dia haverá descanso solene.

No primeiro dia tomareis para vós o fruto de árvores formosas, folhas de palmeiras, ramos de árvores frondosas e salgueiros de ribeiras; e vos alegrareis perante o Senhor vosso Deus por sete dias.

E celebrá-la-eis como festa ao Senhor por sete dias cada ano; estatuto perpétuo será pelas vossas gerações; no mês sétimo a celebrareis.
Por sete dias habitareis em tendas de ramos; todos os naturais em Israel habitarão em tendas de ramos, para que as vossas gerações saibam que eu fiz habitar em tendas de ramos os filhos de Israel, quando os tirei da terra do Egito. Eu sou o Senhor vosso Deus.”

A festa dura 7 dias, mas existe um 8.º dia, quando Deus diz que deverá haver “DESCANSO SOLENE”.

“E Esdras leu no livro da lei de Deus todos os dias, desde o primeiro até o último; e celebraram a festa por sete dias, e no oitavo dia houve uma assembléia solene, segundo a ordenança.” (Neemias 8.18).

Portanto, a festa acabou ontem e hoje é o 8.º dia (dia de descanso e assembléia solene), O DIA EM QUE O MUNDO TOMOU CONHECIMENTO DA MORTE DE MUAMMAR KHADAFI.

E assim, as coisas vão acontecendo, até chegar o momento da Restauração de Todas as Coisas (com o estabelecimento na terra do Reino Eterno de Cristo). Você tem todo o direito de duvidar dessas coisas. Mas são coincidências demais para serem apenas coincidências, você não acha?

Muitas coisas interessantes ainda irão acontecer, mas ninguém sabe exatamente o que e quando. Entretanto, diante do que já aconteceu, devemos sempre atentar para os períodos de festas judaicas. Falando nisso, o próximo “período profético” será nos dias 20 a 27 de dezembro, quando Israel celebra, durante 8 dias, a Festa das Luzes (Hanukkah), estabelecida no tempo dos Macabeus, quando de sua vitória sobre o perverso governante sírio Antíoco Epifânio.

Devemos lembrar aqui, que, após a Tunísia, Egito, Iêmen e Líbia, a “bola da vez” é a Síria.

Te cuida, Assad!

Os olhos altivos do homem serão abatidos, e a altivez dos varões será humilhada, e só o Senhor será exaltado naquele dia. Pois o Senhor dos exércitos tem um dia contra todo soberbo e altivo, e contra todo o que se exalta, para que seja abatido;...”
(Isaias 2.11,12).

Eis que eu sou contra ti, ó soberbo, diz o Senhor Deus dos exércitos; pois o teu dia é chegado, o tempo em que te hei de punir. Então tropeçará o soberbo, e cairá, e ninguém haverá que o levante; e porei fogo às suas cidades, o qual consumirá tudo o que está ao seu redor.”
(Jeremias 50.31,32)

E o Senhor será rei sobre toda a terra; naquele dia um será o Senhor, e um será o seu nome.”
(Zacarias 14.9)

2 comentários:

  1. Chegou o livro mais polêmico e revelador dos últimos tempos!
    = O POMO DE OURO =
    Sinopse: Henrique foi instruído nos mistérios da Maçonaria desde criança e tornou-se um bom Mestre Maçom. Entretanto, por ocasião dos atentados ao World Trade Center, no dia 11 de setembro de 2001, Henrique descobriu coisas tão perturbadoras que fizeram ele se afastar da Maçonaria e isolar-se do mundo, até que sua amiga Eva Cristina foi procurá-lo para ajudá-la a decifrar um código que o pai dela havia deixado numa carta antes de falecer em suas explorações arqueológicas. A partir daí, Henrique se vê obrigado a usar de seus conhecimentos secretos da Maçonaria para ajudar Eva a encontrar e devolver a quem de direito um objeto do qual depende o futuro da humanidade: o pomo de ouro.

    Com uma narrativa dinâmica e envolvente para uma trama repleta de mistério, aventura e reviravoltas, o leitor é apresentado a uma série de contradições envolvendo os atentados de 11 de setembro, se torna conhecedor das mentiras da Igreja Católica e dos mais finos mistérios da Maçonaria, além da interpretação contundente de um conjunto de profecias que parece estar se concretizando a todo o momento em nosso tempo.

    É a leitura mais intrigante, misteriosa e polêmica dos últimos tempos. Um livro único e imperdível!

    LEIA 20 CAPÍTULOS DO LIVRO GRATUITAMENTE NO BLOG:
    http://opomodeouro1.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  2. Moacir, que a shalom seja contigo! Tenho lido seus artigos e são muito bons. Que Adonai o recompense por tamanha bondade em compartilhar conosco seus conhecimentos e descobertas. Fico agradecido! Te amo!

    ResponderExcluir