Enciclopédia Arquivo7 no MEGA

quarta-feira, 21 de janeiro de 2015

A EXATIDÃO MATEMÁTICA DA BÍBLIA – Parte 7


O enigma dos 430 anos - Um novo capítulo do nosso “livrão” virtual

Se perguntarmos para qualquer platéia (numa igreja, à noite) quantos anos o povo de Israel viveu como escravo no Egito, provavelmente várias pessoas levantarão a mão e responderão imediatamente: 400 anos!

- Espera aí! – Dirá você, já meio desconfiado da pergunta – e não foram mesmos 400 anos de escravidão?

Bem, que o texto de Gênesis 15.13,14 é bem explícito quando fala de escravidão ao mesmo tempo em que cita o número 400, é um fato. O problema é que as contas não batem. O apóstolo Paulo, escrevendo aos Gálatas (cap. 3.16,17) diz claramente que entre a chamada de Abraão e a entrega da Lei no Monte Sinai se passaram 430 anos.

Ora, se os filhos de Israel só se tornaram escravos do Egito depois da morte de José, e este morreu 287 anos desde a chamada de Abraão, temos: 287 + 400, um período de 687 anos! A contradição é evidente. E agora?

Mas se você acompanha este blog há algum tempo, já sabe que o autor acredita na inspiração plenária da Bíblia, ou seja: Deus não se contradiz; a Bíblia é a Sua Palavra; portanto, ela também não se contradiz.

E sendo assim, eu acredito que existe uma resposta lógica, matemática e clara, para o enigma dos 430 anos. Este é o tema deste nosso novo estudo.

Para conhecer esse novo estudo, acesse este link (http://sdrv.ms/ZHobAh) e você será direcionado a uma página contendo todos os estudos em slides já publicados (cerca de 18.000 páginas). Daí é só escolher o estudo e fazer o download para o seu computador.
Também disponível no formato PDF: http://sdrv.ms/1a28Cw8

O número (e o título) deste novo estudo é 151 – A EXATIDÃO MATEMÁTICA DA BÍBLIA – Parte 7.

Qualquer sugestão, crítica ou questionamento, escreva-me.

Moacir R. S. Junior – morganne777@hotmail.com


Nenhum comentário:

Postar um comentário