Enciclopédia Arquivo7 no MEGA

quarta-feira, 28 de setembro de 2016

MATEMÁGICA BÍBLICA – O SHOW


Um novo capítulo do nosso “livrão” virtual

Deve tá claro para os leitores do Arquivo7 que os estudos publicados visam despertar as pessoas para os mistérios da Bíblia, especialmente das profecias. Mas também fazemos todo o possível para apresentarmos a Matemática como uma simpática “senhora”, tentando desfazer a péssima imagem, provocada por décadas de ensino mal direcionado, nas escolas.

As estatísticas são claras e frustrantes: quase todo mundo odeia matemática (pelo menos, essa é a realidade brasileira). Quase sempre que estou ministrando algum estudo sobre profecia bíblica e envolvo um pouco de número ou matemática, é comum ouvir as reclamações: “NÃO SEI NADA DE MATEMÁTICA”, “ODEIO MATEMÁTICA”, “NUNCA GOSTEI DE MATEMÁTICA”, etc.

E, pelo andar da carruagem, parece que ninguém (envolvido no sistema de ensino) está se esforçando para mudar essa realidade. Existem exceções aqui e ali, mas o sistema predominante ainda se parece com um feitor escravagista.

Sempre que paro para refletir sobre isso, tento imaginar o que fazer para reverter essa realidade. A minha tese principal a respeito disso é que, antes de qualquer coisa, a Matemática tem que ser apresentada como algo mágico, encantador, UMA OBRA DIVINA. Não como um medieval método de tortura ou – como alguns estudantes gostam de dizer – UMA INVENÇÃO DO DIABO.

Por isso, as várias referências no Arquivo7 a tal da MATEMÁGICA.

O PROJETO MATEMÁGICA BÍBLICA foi desenvolvido visando, especialmente, três objetivos:

1 – Mostrar que a Matemática é uma ciência bela, altamente interessante, espetacular, mágica, perfeita e que o bom funcionamento do nosso Universo depende da perfeição dela;

2 – Reconciliar as pessoas com a Matemática, desmistificando a péssima fama dada a ela (sempre fazendo parte da lista dos nossos piores pesadelos) por culpa do sistema de ensino predominante em nosso país;

3 – Aproximar as pessoas da Bíblia, demonstrando que este milenar livro é muito mais do que um livro religioso. Mas, além disso, é uma preciosa enciclopédia de sabedoria, filosofia, cultura inteligente e ciência. Ou seja, queremos desmistificar a falsa ideia popular de que a Bíblia emburrece, demonstrando que, pelo contrário, quem estuda a Bíblia torna-se mais culto e mais preparado para lidar com os diversos problemas da vida.

Neste novo trabalho (em power point e pdf) apresentaremos uma seleção de fatos matemáticos que possuem uma íntima relação com os eventos bíblicos. Todos já foram exaustivamente estudados nos capítulos anteriores da série ARQUIVO 7 EM SLIDES. O objetivo deste presente trabalho é apresentar uma simulação (ou ensaio) de uma apresentação pública (ou show) sobre a MATEMÁGICA BÍBLICA, a fim de despertar as pessoas para a realidade desse fenômeno, e conscientizá-las da veracidade (e sobrenaturalidade) das revelações bíblicas – além, é claro, de firmar uma sólida amizade entre as pessoas e a Matemática.

Mais detalhes, clique aqui: (https://onedrive.live.com/redir?resid=D2396F04AB689FC6!976&authkey=!AOfsD2XO3--PsiA&ithint=folder%2cpps) e você será direcionado a uma página contendo todos os estudos em slides já publicados (29.000 páginas). Daí é só escolher o estudo e fazer o download para o seu computador.

Também disponível no formato PDF: 
http://sdrv.ms/1a28Cw8

O número (e o título) deste novo estudo é: 232 – MATEMÁGICA BÍBLICA – O SHOW.

Qualquer sugestão, crítica ou questionamento, escreva-me.


Moacir R. S. Junior – morganne777@hotmail.com

quarta-feira, 21 de setembro de 2016

A ARTE DA MATEMÁGICA

A arte de surpreender usando a beleza e a mágica da Matemática - Um novo capítulo do nosso “livrão” virtual

É fato que a Matemática não é uma ciência popular (especialmente no Brasil). Também é fato que o mundo só funciona porque a Matemática existe – portanto, quer queiramos ou não, ela é essencial, extremamente necessária, fundamental para a existência e equilíbrio do Universo. Ela transcende até mesmo as leis da Física. Ou seja, a Matemática não depende da Física, porém, a Física depende da Matemática. Com tamanha importância pode se dizer que desprezar essa fabulosa ciência dos números é irracional.

Você sabe o que é um MatemáGico?

Como a palavra sugere, é uma espécie de matemático misturado com mágico. Como a Matemática é uma ciência que fascina, surpreende e encanta, não é incomum ser comparada com a arte mágica.

Mas atenção! Quando falo “mágica” não estou me referindo a bruxaria, feitiçaria ou coisas do tipo (que são supostas interferências na natureza por meio de poderes sobrenaturais).

A palavra “mágica” possui vários significados, dependendo do contexto. Mas é comumente relacionada a coisas que encantam e surpreendem. Coisas aparentemente impossíveis.

O fato é que todos esses adjetivos (surpreendente, encantador, fascinante, incrível, extraordinário, fantástico, esplêndido, etc.) se aplicam à Matemática e aos números.

Quem lida com esses “seres” (números) se surpreende a cada descoberta ou revelação. Existem algumas pessoas que usam os números e a Matemática da mesma forma que um artista no palco (um ilusionista) faz uso de truques mágicos. Esse tipo de “mago dos números” é popularmente conhecido como MATEMÁGICO.

E o que seria um MatemáGico Bíblico?

quarta-feira, 14 de setembro de 2016

14 PALAVRAS QUE DESAFIAM ATEUS E MUÇULMANOS


Um novo capítulo do nosso “livrão” virtual

Se uma bomba nuclear for lançada sobre Paris, provavelmente explodirá e arrasará tudo ao seu redor;

Se uma bomba nuclear for lançada sobre Moscou, provavelmente explodirá e arrasará tudo ao seu redor;

Se uma bomba nuclear for lançada sobre Nova York, provavelmente explodirá e arrasará tudo ao seu redor;

Se uma bomba nuclear for lançada sobre Londres, provavelmente explodirá e arrasará tudo ao seu redor;

Se uma bomba nuclear for lançada sobre Washington, provavelmente explodirá e arrasará tudo ao seu redor;

Se uma bomba nuclear for lançada sobre Bagdá, provavelmente explodirá e arrasará tudo ao seu redor;

Se uma bomba nuclear for lançada sobre Pequim, provavelmente explodirá e arrasará tudo ao seu redor;

Se uma bomba nuclear for lançada sobre Roma, provavelmente explodirá e arrasará tudo ao seu redor;

Se uma bomba nuclear for lançada sobre Jerusalém, com toda certeza, NÃO explodirá.

Como é que podemos fazer uma afirmação tão ousada como esta? Com base em que?

Das 3 promessas seguintes, quais tenho condições de cumpri-las?

1 - Vou plantar uma árvore
2 - Vou garantir que ela nasça
3 - Vou garantir que ela nunca seja arrancada

1 - Vou plantar uma árvore - Apesar de não ter certeza de estar vivo daqui a um minuto, são grandes as chances de que eu tenha condições de cumprir esta promessa.

Status: ALTAMENTE PROVÁVEL

2 - Vou garantir que ela nasça - Apesar de não ter certeza de estar vivo daqui a um minuto, são grandes as chances de que eu tenha condições de cumprir esta promessa, pois posso trabalhar o solo, tornando-o propício.
Status: ALTAMENTE PROVÁVEL

3 - Vou garantir que ela nunca seja arrancada - Posso até ter contribuído para que a árvore nascesse, posso tê-la ajudado a crescer, se desenvolver, etc., porém é IMPOSSÍVEL cumprir qualquer garantia de NUNCA deixar que alguém a arranque.

Status: IMPOSSÍVEL

Em estudos anteriores, provamos ser impossível que os judeus tenham conspirado e manipulado as profecias bíblicas para que se cumprissem neles. Mas vamos imaginar (numa remotíssima possibilidade) que os judeus tenham realmente manipulado o cumprimento das profecias. Digamos que, de alguma forma, eles conseguiram garantir o NASCIMENTO e o CRESCIMENTO da árvore.

Em outras palavras:

Esses judeus espertalhões conseguiram fazer com que a árvore nascesse (isto é, conseguiram RETORNAR para a sua antiga pátria); conseguiram fazer a árvore se desenvolver - isto é, por meio de judeus inteligentes, vindo de várias nações, fizeram com que o Estado de Israel se tornasse uma pequena potência, admirada (e invejada) internacionalmente.

Porém, quando chegou a vez da 3ª promessa...

De repente, se viram cercados de milhares de ferozes inimigos, muito mais numerosos, muito mais bem armados, muito mais fortes...

QUE CONDIÇÕES TERIAM DE SEMPRE VENCEREM TODOS OS ATAQUES PARA GARANTIR QUE A ÁRVORE NUNCA MAIS SERÁ ARRANCADA? Evidentemente, NENHUMA! Mas se a ÁRVORE ISRAEL nunca mais foi arrancada, apesar das muitas tentativas, então:

Parece bem evidente que ALGO ou ALGUÉM MAIOR está garantindo que a árvore não seja mais arrancada.

Quem mais a não ser DEUS?

Mais detalhes, clique aqui: ENCICLOPÉDIA ARQUIVO 7 - CALCULANDO A VERDADE e você será direcionado a uma página contendo todos os estudos em slides já publicados (29.000 páginas). Daí é só escolher o estudo e fazer o download para o seu computador.

Também disponível no formato PDF: 
http://sdrv.ms/1a28Cw8

O número (e o título) deste novo estudo é: 230 – 14 PALAVRAS QUE DESAFIAM ATEUS E MUÇULMANOS.

 Qualquer sugestão, crítica ou questionamento, escreva-me.


Moacir R. S. Junior – morganne777@hotmail.com

quarta-feira, 7 de setembro de 2016

ISRAEL – UMA PEDRA NO SAPATO DOS INCRÉDULOS


Um novo capítulo do nosso “livrão” virtual

Imagine o seguinte diálogo entre um cristão e um ateu:

– Prove-me que Deus existe!
- Jesus de Nazaré!
- Pois me prove que Jesus existiu?
- A Bíblia!
- Então, prove-me que a Bíblia é a verdade!
- O cumprimento das profecias.
- Muito bem. Então me dê apenas um exemplo do cumprimento das profecias.
- Israel!

         O popular escritor e apologista cristão Dave Hunt escreveu:

“Cerca de 30% da Bíblia são dedicados à profecia. Esse fato confirma a importância do que tem se tornado um assunto negligenciado. Em contraste marcante, a profecia está completamente ausente no Corão, nos Vedas hindus, no Baghavad Gita, no Ramayana, nas palavras de Buda e Confúcio, no Livro de Mórmon, ou quaisquer outros escritos das religiões mundiais.”

O fato estarrecedor para os céticos é que existem centenas de profecias bíblicas que “coincidem”, em detalhes, com a história judaica, no decorrer dos séculos. A linguagem é tão clara e os fatos históricos tão evidentes que só podemos visualizar as seguintes hipóteses (ou possibilidades):

Hipótese 1 – Quem acredita nessas profecias, manipula as palavras para que se encaixem com os acontecimentos históricos.

Por que essa hipótese é falsa?

1º - As palavras são muito claras e geralmente devem ser entendidas de forma literal. Quando comparados os fatos com a literalidade do texto, não existe espaço para manipulações;

2º - É difícil imaginar um povo se entregando, voluntariamente à destruição, somente para cumprir profecias (por exemplo, que judeu desejaria que o Holocausto acontecesse?).

Hipótese 2 – Essas profecias são meras adivinhações, que coincidem com alguns acontecimentos aqui e ali.

Por que essa hipótese é falsa?

1º - Uma meia dúzia de profecias até que poderiam ser reputadas como mera adivinhação, mas acontece que existe um pacotão delas;

2º - Estatisticamente, um volume muito grande de coincidências não pode ser considerado mera coincidência.

Hipótese 3 – Essas profecias são de origem extraterrena, sobrenatural, divina...

As evidências indicam que esta é a única hipótese que faz sentido. A quantidade de profecias a respeito de Israel (e que se enquadram com a trajetória histórica desse povo) é grande demais para ser ignorada ou reputada como mera coincidência. Alguém já disse uma vez que, se somente uma profecia for provada verdadeira, Deus deve existir.

Quando Deus desafia os falsos deuses a predizerem o futuro (Isaías 41.20-23), é porque PROFECIA NENHUMA pode ser produzida por homens ou falsos deuses, mas somente pelo ÚNICO DEUS VERDADEIRO. Tá, esta é uma afirmação típica de “crentes”, mas desafio você a provar que ela é falsa.

Mais detalhes, clique aqui: ENCICLOPÉDIA ARQUIVO 7 - CALCULANDO A VERDADE e você será direcionado a uma página contendo todos os estudos em slides já publicados (29.000 páginas). Daí é só escolher o estudo e fazer o download para o seu computador.

Também disponível no formato PDF: 
http://sdrv.ms/1a28Cw8

O número (e o título) deste novo estudo é: 229 – ISRAEL, UMA PEDRA NO SAPATO DOS INCRÉDULOS.


Qualquer sugestão, crítica ou questionamento, escreva-me.


Moacir R. S. Junior – morganne777@hotmail.com