Enciclopédia Arquivo7 no MEGA

quarta-feira, 21 de setembro de 2016

A ARTE DA MATEMÁGICA

A arte de surpreender usando a beleza e a mágica da Matemática - Um novo capítulo do nosso “livrão” virtual

É fato que a Matemática não é uma ciência popular (especialmente no Brasil). Também é fato que o mundo só funciona porque a Matemática existe – portanto, quer queiramos ou não, ela é essencial, extremamente necessária, fundamental para a existência e equilíbrio do Universo. Ela transcende até mesmo as leis da Física. Ou seja, a Matemática não depende da Física, porém, a Física depende da Matemática. Com tamanha importância pode se dizer que desprezar essa fabulosa ciência dos números é irracional.

Você sabe o que é um MatemáGico?

Como a palavra sugere, é uma espécie de matemático misturado com mágico. Como a Matemática é uma ciência que fascina, surpreende e encanta, não é incomum ser comparada com a arte mágica.

Mas atenção! Quando falo “mágica” não estou me referindo a bruxaria, feitiçaria ou coisas do tipo (que são supostas interferências na natureza por meio de poderes sobrenaturais).

A palavra “mágica” possui vários significados, dependendo do contexto. Mas é comumente relacionada a coisas que encantam e surpreendem. Coisas aparentemente impossíveis.

O fato é que todos esses adjetivos (surpreendente, encantador, fascinante, incrível, extraordinário, fantástico, esplêndido, etc.) se aplicam à Matemática e aos números.

Quem lida com esses “seres” (números) se surpreende a cada descoberta ou revelação. Existem algumas pessoas que usam os números e a Matemática da mesma forma que um artista no palco (um ilusionista) faz uso de truques mágicos. Esse tipo de “mago dos números” é popularmente conhecido como MATEMÁGICO.

E o que seria um MatemáGico Bíblico?


Sem sombras de dúvidas os dois temas mais abordados no Arquivo 7 envolvem Profecias e Matemática. Mesmo que você não concorde com a intepretação dada à Matemática Bíblica apresentada, é impossível contestar os fatos relacionados à ela, porque FATOS MATEMÁTICOS são, por natureza, INCONTESTÁVEIS.

E quando esses fatos matemáticos se conectam aos fatos bíblicos geram aquilo que costumamos chamar de MATEMÁTICA BÍBLICA.

A forma como os números estão relacionados à Palavra de Deus pode ser descrita pelos seguintes adjetivos: surpreendente, encantadora, fascinante, incrível, extraordinária, fantástica, esplêndida, etc.

As simetrias envolvendo vários cenários bíblicos (tais como História e Profecias), quando conectadas aos números e a vários conceitos matemáticos, pode ser, com toda certeza, chamada de MATEMÁGICA BÍBLICA.

Portanto, um MatemáGico Bíblico é simplesmente alguém que propaga a MatemáGica Bíblica.

Mas é mesmo possível usarmos a Matemática na pregação do Evangelho de Cristo?

Sim, com certeza. Aliás, essa tese tem sido defendida nos estudos do Arquivo7 desde o inicio, e inúmeros exemplos têm sido apresentados. Uma série especial foi elaborada exclusivamente sobre isso. Uma trilogia (veja o estudo O EVANGELISTA QUE CALCULAVA, em 3 partes – números 144,145 e 146).

Diante disso, podemos classificar a MatemáGica em duas categorias:

1 – MatemáGica Natural
2 – MatemáGica Sobrenatural

1 - MatemáGica Natural

Envolve apenas a divulgação de truques numéricos. É quando o artista faz uso dos números e de algumas propriedades matemáticas para surpreender e encantar o público. Muitos desses truques envolvem supostos PRÉ-CONHECIMENTO do resultado dos cálculos antes da pessoa ter escolhido os números para calcular. Por mais surpreendente que seja, não existe nenhuma força oculta envolvida, são apenas malabarismos numéricos, artimanhas matemáticas.

2 - MatemáGica Sobrenatural

Agora quando propriedades matemáticas interessantes estão conectadas a revelações bíblicas que não podem ter sido inventadas pelo ser humano (profecias matemáticas, por exemplo), aí sim, temos claros exemplos do que podemos classificar como MATEMÁGICA BÍBLICA.

Nesse caso, a matemática apresentada tem como objetivo provar a sobrenaturalidade das afirmações bíblicas. E essa matemática pode (e deve) ser usada como ferramenta evangelística.

O objetivo do estudo de hoje, porém, está mais focalizado na MATEMÁGICA NATURAL, ou seja: apresentaremos a seguir alguns exemplos de interessantes e surpreendentes truques envolvendo números e matemática, para serem usados em momentos de lazer, reuniões familiares, encontros e coisas parecidas.

Na verdade, antes do Matemágico apresentar a MATEMÁGICA BÍBLICA, é conveniente (e elegante) que ele faça algumas breves apresentações da MATEMÁGICA NATURAL, como que preparando o terreno para que o público seja surpreendido e impactado com a essência da Matemática, ou seja: A MATEMÁTICA A SERVIÇO DO REINO DE DEUS!

Mais detalhes, clique aqui: ENCICLOPÉDIA ARQUIVO 7 - CALCULANDO A VERDADE e você será direcionado a uma página contendo todos os estudos em slides já publicados (29.000 páginas). Daí é só escolher o estudo e fazer o download para o seu computador.

Também disponível no formato PDF: 
http://sdrv.ms/1a28Cw8

O número (e o título) deste novo estudo é: 231 – A ARTE DA MATEMÁGICA.

Qualquer sugestão, crítica ou questionamento, escreva-me.


Moacir R. S. Junior – morganne777@hotmail.com

Nenhum comentário:

Postar um comentário