Enciclopédia Arquivo7 no MEGA

sexta-feira, 14 de novembro de 2014

A MEDIDA PERFEITA – Parte 6

Um novo capítulo do nosso “livrão” virtual

E lá vamos nós de novo explorar os mistérios da famosa Razão Áurea. Claro que você precisa conhecer as 5 partes anteriores antes de se aventurar nesta (se quiser mesmo entender algo sobre essa importante constante matemática).

Neste novo estudo, apresento três exemplos interessantes de Razão Áurea na Bíblia (dois inéditos, e um já apresentado em um dos estudos anteriores).

Aí voltamos a velha discussão teológica: A Bíblia está completa com 66 livros ou devem ser incluídos outros? Como os 7 apócrifos presentes na Bíblia Católica e em algumas Bíblias Evangélicas – sim, algumas Bíblias Evangélicas nos Estados Unidos e em outros países (não conheço nenhum caso no Brasil) contém 7 livros apócrifos, mas eles estão numa seção à parte, entre o Antigo e o Novo Testamento, com explicações claras justificando o porque são chamados de apócrifos.

O fato da Razão Áurea aparecer na Bíblia, exatamente no ponto em que se divide o Antigo do Novo Testamento (considerando a Bíblia completa com 66 livros) é um bom argumento a favor dessa divisão da Bíblia sem os apócrifos. Mas, ainda não conheci um argumento melhor e mais devastador do que o fenômeno das “RODAS DA BÍBLIA”. Mais detalhes, veja a série de estudos “AS 3 RODAS DA BÍBLIA”.

De qualquer forma é bem interessante como a chamada Divina Proporção aparece na divisão dos capítulos da Bíblia. Coincidência ou Projeto? Você decide.

Para conhecer esse estudo, acesse este link (http://sdrv.ms/ZHobAh) e você será direcionado a uma página contendo todos os estudos em slides já publicados (cerca de 17.000 páginas). Daí é só escolher o estudo e fazer o download para o seu computador.

Também disponível no formato PDF: 
http://sdrv.ms/1a28Cw8

O número (e o título) deste novo estudo é 142 – A MEDIDA PERFEITA – Parte 6.

Qualquer sugestão, crítica ou questionamento, escreva-me.


Moacir R. S. Junior – morganne777@hotmail.com

Nenhum comentário:

Postar um comentário