Enciclopédia Arquivo7 no MEGA

terça-feira, 28 de abril de 2015

C.S.I. APOCALÍPTICO – Parte 2

Os Carros de Deus e a Batalha Final - Um novo capítulo do nosso “livrão” virtual

Desta vez o Arquivo7 vai mergulhar num dos mistérios que tem assombrado a Humanidade desde a Antguidade: o enigma dos ÓVNIS (Objetos Voadores Não Identificados). Não é fácil abordar esse assunto. Existem muitas histórias, muitas fraudes e muitas controvérsias.

Quem acompanha o Arquivo7 sabe que temos feito o possível para apresentar fatos e não meras teorias. Qualquer estudo apresentado aqui passou antes por um longo processo de pesquisa e análise (e nem isso os isenta de prováveis erros – por isso que sempre alertarmos para que o leitor tenha a mente aberta e mais crítica possível).

Existem temas que nos dão mais dores de cabeça do que outros. Este é um deles. Existem páginas demais na Internet (inclusive com fotos), sobre os misteriosos objetos voadores. Cerca de 90% das opiniões apresentadas sobre o tal fenômeno aponta para a tese de extraterrestres ou seres alienígenas que visitaram a terra e foram confundidos com os deuses.

Se você é daqueles que nem querem perder tempo lendo sobre os tais ÓVNIS, por considerá-los apenas ficção, gostaria que atentasse para os seguintes fatos:

Fato 1 – Existem relatos sobre aparições de seres estranhos e misteriosos objetos voadores em quase todas as culturas da Terra;

Fato 2 – Em quase todas as civilizações antigas os arqueólogos encontraram figuras e esculturas representando contato entre humanos e não-humanos;

Fato 3 – Esses não-humanos sempre parecem vir dos Céus, à bordo de algum tipo de nave;

Fato 4 – Esses não-humanos possuem poderes sobre-humanos e armas estranhas e devastadoras;

Fato 5 – Esses não-humanos são tão poderosos que podem destruir exércitos:

Fato 6 – Esses não-humanos são altamente inteligentes e sofisticados;

Fato 7 – Com algumas poucas diferenças, esses não-humanos possuem traços comuns aos humanos.

Afirmar simplesmente que todos os povos antigos inventaram a mesma história, com os mesmos tipos de personagens e roteiros é ser ingênuo demais, você não acha?

Bem, para conhecer esse novo estudo, acesse este link (http://sdrv.ms/ZHobAh) e você será direcionado a uma página contendo todos os estudos em slides já publicados (cerca de 19.000 páginas). Daí é só escolher o estudo e fazer o download para o seu computador.

Também disponível no formato PDF: http://sdrv.ms/1a28Cw8

O número (e o título) deste novo estudo é 164 – C.S.I. APOCALÍPTICO – Parte 2 – Os Carros de Deus a Batalha Final.

Qualquer sugestão, crítica ou questionamento, escreva-me.


Moacir R. S. Junior – morganne777@hotmail.com

terça-feira, 21 de abril de 2015

A MEDIDA PERFEITA – Parte 9

A Assinatura do Grande Artista Cósmico - Um novo capítulo do nosso “livrão” virtual

Não é surpresa para os estudiosos da Bíblia que nela existem incontáveis coleções envolvendo o número 7. Mas boa parte desconhece que os escritores da Bíblia tinham uma preferência por decompor as coleções de 7 em 1 e 6, ou 6 e 1, 3 e 4 ou 4 e 3. Raramente encontramos uma coleção de 7 coisas classificadas em 2 e 5 ou 5 e 2. E por que?

Nossa nova investigação demonstra que essa forma de dividir as coleções de 7 está intimamente relacionada com a Razão Áurea.

Outro tema apresentado neste estudo é a Razão Áurea bem explícita nos anos de Jesus citados nos Evangelhos. Como e onde?

Por fim, um terceiro tema que abordamos neste estudo é sobre uma teoria muito antiga (envolvendo Platão, Leonardo Da Vinci e Kepler), que afirma que o Universo tem uma forma geométrica, e essa forma seria dodecagonal, a figura geométrica que mais possui afinidade com a Razão Áurea.

O interessante é que alguns cientistas da atualidade, com base em certos indícios captados pelos telescópios, estão sugerindo que os gênios da Antiguidade poderiam estar certos.

Para conhecer esse novo estudo, acesse este link (http://sdrv.ms/ZHobAh) e você será direcionado a uma página contendo todos os estudos em slides já publicados (cerca de 19.000 páginas). Daí é só escolher o estudo e fazer o download para o seu computador.

Também disponível no formato PDF: http://sdrv.ms/1a28Cw8

O número (e o título) deste novo estudo é 163 – A MEDIDA PERFEITA – Parte 9 – A Assinatura do Grande Artista Cósmico.

Qualquer sugestão, crítica ou questionamento, escreva-me.


Moacir R. S. Junior – morganne777@hotmail.com

terça-feira, 14 de abril de 2015

O CÓDIGO GÊNESIS – Parte 23

A Quadratura do Círculo - Um novo capítulo do nosso “livrão” virtual

Até aqui temos acumulado evidências surpreendentes sobre a inspiração não humana da Bíblia, principalmente em sua primeira frase. E o peso das evidências está cada vez mais difícil de ser carregado.

A tal “quadratura do círculo” é um velho problema da matemática, que inquietou centenas de grandes matemáticos durante muito tempo. O fato é que foi provado ser impossível a resolução desse problema da forma como foi originalmente proposto, isto é, com o uso de régua, compasso e outras ferramentas da geometria.

Somente nos tempos modernos, com a descoberta de novos tipos de matemática o problema foi resolvido. Mas nosso propósito neste novo trabalho não é demonstrar a resolução da quadratura do círculo. E sim, apresentar a conexão surpreendente com o primeiro versículo da Bíblia. De que forma? Você precisa ver o estudo para saber.

Para conhecer esse novo estudo, acesse este link (http://sdrv.ms/ZHobAh) e você será direcionado a uma página contendo todos os estudos em slides já publicados (cerca de 19.000 páginas). Daí é só escolher o estudo e fazer o download para o seu computador.

Também disponível no formato PDF: http://sdrv.ms/1a28Cw8

O número (e o título) deste novo estudo é 162 – O CÓDIGO GÊNESIS – Parte 23 – A Quadratura do Círculo.

Qualquer sugestão, crítica ou questionamento, escreva-me.


Moacir R. S. Junior – morganne777@hotmail.com

terça-feira, 7 de abril de 2015

BRASILIA – FLERTANDO COM A MALDIÇÃO

As raízes espirituais da atual crise brasileira - Um novo capítulo do nosso “livrão” virtual

Existe um princípio profético que regula o destino de uma nação. Tem a ver com a maneira como um governo trata o povo de Israel. Deus deixa claro na Bíblia que irá abençoar as nações que abençoarem Israel, mas também amaldiçoará os povos que amaldiçoarem Israel.

Uma afirmação dessa geralmente é recebida com muito ceticismo e desconfiança. Nem todos os cristãos que acreditam na Bíblia concordam com essa interpretação. Mas o fato de nem todos concordarem com algo não significa que esse algo deixa de ser verdadeiro.

De qualquer forma, uma pessoa sensata investiga primeiro antes de emitir juízo de valor.
        
         Neste novo estudo mergulhamos um pouco nos bastidores das relações internacionais do atual governo brasileiro. Na verdade, nossa investigação começa desde o governo anterior, do presidente Lula. Aliás, ele é o personagem principal dessa investigação.

Sei que existem muitos admiradores do ex-presidente (e entre os quais, alguns até fanáticos), mas quando estamos na trilha da verdade, devemos estar preparados para enfrentar verdades constrangedoras e até frustrantes.

Para resumir, os fatos são os seguintes: no século XX se levantaram muitos homens como inimigos declarados de Israel (e alguns até lançaram, literalmente, maldições contra o povo da Antiga Aliança); e boa parte desses caras fizeram (ou fazem) parte do círculo íntimo dos amigos do ex-presidente Lula.

Bom, ser amigo de gente cretina é inevitável. Mas ser cretino como ele é outra coisa. Acontece que o ex-presidente não somente possui várias amizades questionáveis, como também, em muitas ocasiões, demonstrou seguir a mesma ideologia dos seus amigos cretinos.

Neste novo estudo demonstro como o governo brasileiro (na era petista) tem se posicionado continuamente contra Israel, sempre que este povo é o tema de alguma pauta na ONU.

E, se é verdade que amaldiçoar Israel atrai maldições, nós, brasileiros, estamos em maus lençóis, por culpa dos nossos líderes.

Para conhecer esse novo estudo, acesse este link (http://sdrv.ms/ZHobAh) e você será direcionado a uma página contendo todos os estudos em slides já publicados (cerca de 19.000 páginas). Daí é só escolher o estudo e fazer o download para o seu computador.

Também disponível no formato PDF: http://sdrv.ms/1a28Cw8

O número (e o título) deste novo estudo é 161 – BRASÍLIA – FLERTANDO COM A MALDIÇÃO – As raízes espirituais da atual crise brasileira.

Qualquer sugestão, crítica ou questionamento, escreva-me.


Moacir R. S. Junior – morganne777@hotmail.com