O BÁSICO PARA VOCÊ ENTENDER O ARQUIVO 7

O BÁSICO PARA VOCÊ ENTENDER O ARQUIVO 7
Tudo que você precisa saber para entender a principal linha de investigação do Arquivo7 - O BÁSICO SOBRE MATEMÁTICA BÍBLICA, SEGUNDO A TESE ARQUIVO 7.

quarta-feira, 21 de outubro de 2020

UM TIRO MILIMETRICAMENTE CERTEIRO, QUE SÓ UM DEUS ONISCIENTE SERIA CAPAZ DE ACERTAR – Parte 2 de 3

 Pouquíssimas pessoas (que duvidam dessas simetrias matemáticas na estrutura dos capítulos bíblicos) têm entrado em contato comigo ou se manifestado a respeito, para criticar. Uma delas me disse certa vez o seguinte: 

“Lembre-se que a divisão da Bíblia em capítulos e versículos foi feito no séc XVI e não tem nada de inspiração divina. E [em] muitos livros da Bíblia os capítulos não estão em ordem cronológica, como por exemplo, o livro do profeta Ezequiel, cujo o primeiro capitulo devia ser o 8, pois no capítulo 1 Ezequiel já estava na Babilônia e no cap. 8 ele estava em Jerusalém em sua casa junto com os anciãos antes da invasão e destruição do templo de Salomão.” 

          Eu respondi o seguinte: 

“[primeiro, destaquei uma frase dele:] ‘Lembre-se que a divisão da Bíblia em capítulos e versículos foi feito no séc XVI e não tem nada de inspiração divina.’ [aí respondi:] Veja os capítulos 309 a 325* da Enciclopédia Arquivo7 e tenta contestar a terça parte da metade. 

*Os capítulos 309 a 325 estão recheados de evidências a respeito da tese de que até a divisão da Bíblia em capítulos foi divinamente inspirada. Na época, a Enciclopédia Arquivo7 só possuía até o capítulo 325. O contestador não me retornou uma resposta, isto é, como se diz, uma tréplica. 

Sobre outra alegação dele respondi o seguinte: 

"[Ele disse:] ‘E [em] muitos livros da Bíblia os capítulos não estão em ordem cronológica,..." [aí respondi:] Sim. E esta é justamente uma das provas de que minhas teses estão corretas. Se organizamos os livros e capítulos pela ordem cronológica, toda a simetria matemática é comprometida. Do jeito que está, a matemática é perfeita. Se duvidar, e você vai duvidar, consulte os capítulos que te indiquei acima.” 

Não houve tréplica, mas ele deixou claro em outras postagens que continuava duvidando da minha tese. 

QUEM DUVIDA, NÃO CONSEGUE CONTESTAR 

Ninguém pode alegar que as simetrias que temos divulgado são meras coincidências, porque o pacote delas é grande demais. Também ninguém se sente seguro em afirmar que essas simetrias são obras projetadas pela mente humana, porque os números usados são gigantescos, além de outros fatores. Aí só resta a alternativa sobrenatural, que poucos têm coragem de admitir. 

Na parte 1 deste artigo, apresentamos duas simetrias envolvendo o relógio, o calendário e a Bíblia. Hoje, iremos apresentar mais uma, usando os mesmos elementos, isto é, os dados das tabelas abaixo: 

Tabela 1

63

1º encontro dia 3 com mês 3

183

1º encontro 3 minutos e 3 segundos

187

1º encontro dia 7 com mês 7

427

1º encontro 7 minutos e 7 segundos

783

1º encontro dia 3, mês 3 e ano 3

2347

1º encontro dia 7, mês 7 e ano 7

10983

1º encontro 3 horas, 3 minutos e 3 segundos

25627

1º encontro 7 horas, 7 minutos e 7 segundos

67575783

1º encontro 03:03:03 (horas, minutos e segundos) com 03*03*03 (dia, mês e ano)

202720027

1º encontro 07:07:07 (horas, minutos e segundos) com 07*07*07 (dia, mês e ano)

 

Tabela 2

93

Levítico 3

218

Juízes 7

2782

Levítico 3.3

6702

Juízes 7.7

 

A 2ª EXPERIÊNCIA 

Desta vez usaremos TODOS os elementos das duas tabelas. 

1º passo – Todos os números da 1ª tabela, respeitando-se suas respectivas casas decimais, são: 

000000063

000000183

000000187

000000427

000000783

000002347

000010983

000025627

067575783

202720027 

2º passo – Transformando num número só, teremos: 

63000000183000000187000000427000000783000002347000010983000025627067575783202720027 

3º passo – Agora, todos os números da 2ª tabela, respeitando-se suas respectivas casas decimais:

0093

0218

2782

6702 

4º passo – Transformando num número só: 

93021827826702 

5º passo – Pegue o numerozão (formado por todos os números da tabela 1) e divida pelo numerozão (formado por todos os números da tabela 2); como não é uma divisão exata, haverá um resto, que deve ser dividido por 1.189 (total de capítulos bíblicos); como também não é uma divisão exata, restará 473!!! E daí? 

Ora, o 473º capítulo da Bíblia é Jó 37!!! 

Em outras palavras: o numerozão da tabela 1 (todos relacionados a horas e datas envolvendo somente 3 e 7), contado dentro do numerozão da tabela 2 (referentes aos terceiros e sétimos livros da Bíblia, com seus capítulos 3 e 7 e versículos 3 e 7), corresponde, na Roleta dos capítulos bíblicos, exatamente a um dos raros 7 capítulos 37 da Bíblia, Jó 37!!!

COMO ISTO É POSSÍVEL? 

          Na minha opinião esta simetria é muito mais impressionante do que as duas anteriores, pois faz uso de TODOS OS NÚMEROS das tabelas, algo inimaginavelmente complexo. 

          Descobrir onde as horas 03:03:03 e 07:07:07 aparecem pela primeira vez, na linha do tempo numérica, não é tão difícil (principalmente com a ajuda do computador). Agora, saber onde se encontram pela primeira vez as horas acima com datas simetricamente iguais, aí é muito mais complicado. Eu pesquisei bastante até conseguir elaborar uma fórmula que me revelasse isso. O computador demorou algum tempo calculando. Temi até que ele fosse travar. Mas, finalmente, veio o resultado, na casa dos milhões: 

*67.575.783          (1º encontro 03:03:03 (horas, minutos e segundos) com 03*03*03 (dia, mês e ano); 

*202.720.027 (1º encontro 07:07:07 (horas, minutos e segundos) com 07*07*07 (dia, mês e ano). 

No Excel, pelo menos nas versões populares, não cabem 2 milhões de linhas. Na verdade, o limite é de exatas 1.048.576 linhas! Quando preenchi as primeiras UM MILHÃO de linhas, que não consegui encontrar nenhum alinhamento entre os trios de 3 ou de 7 nas horas e nas datas, ao mesmo tempo, pensei em desistir. Elaborei mais um milhão de linhas e continuei a contagem, e nada! Ou seja, dentro das primeiras 2 MILHÕES de linhas numéricas, os alinhamentos acima NÃO APARECEM nenhuma vez! 

Pensei em desistir dessa experiência, mas aí resolvi procurar alguma fórmula que me permitisse encontrar tais resultados. Então, na casa dos 67 milhões encontrei o alinhamento envolvendo as horas, as datas e o número 3; e na casa dos 202 milhões encontrei o alinhamento envolvendo as horas, datas e o número 7. Ufa!!! 

De posse desses dados passei à segunda fase: descobrir se haveria alguma simetria impressionante relacionada à Matemática Bíblica. As primeiras operações não revelaram nada. Mas eu tinha certeza de que haveria, pois os alinhamentos eram perfeitos e significativos. 

Então, enquanto refletia nesses alinhamentos numéricos, me veio uma ideia. Coloquei o computador para calcular e o resultado foi um número diretamente relacionado ao capítulo 37 de Jó. Fiquei chocado. Refiz a experiências algumas vezes pra não deixar dúvidas (um só número fora do lugar e todo o cálculo é comprometido!). Mas não tinha como contestar o resultado. Então me dei por satisfeito. 

Entretanto, menos de 24 horas fui surpreendido com uma das simetrias mais incríveis que eu já vi. Essa me deixou sem fôlego. Num domingo pela manhã, entre 8 e 9 horas, enquanto meditava na lição da Escola Bíblica Dominical que deveria ministrar logo mais. De repente, me veio uma ideia, uma inspiração. Rapidamente inseri os dados numéricos na calculadora do celular (um pouco trabalhoso, pois nele não tenho certas ferramentas que costumo usar no meu computador). Armei as operações e cliquei pra ver o resultado final. Quase cai da cadeira. Como os números usados envolviam muitos zeros, temi que tivesse colocado algum a mais ou algum a menos (o que, com certeza, poderia comprometer e invalidar toda a operação). A simetria era fantástica, espetacular, impressionante. Mas eu queria ter absoluta certeza de que ela era verdadeira. 

Faltavam 10 minutos para as 9 horas, e eu tinha que me apressar pra não chegar atrasado na igreja. Mas eu queria testar a hipótese que estava martelando minha mente. Meu computador já tem uma certa idade e demora uns 2 ou 3 minutos pra iniciar. Pensei em deixar pra depois que voltasse da EBD. Mas minha curiosidade estava me perturbando. Então corri, liguei meu notebook e, enquanto ele “despertava do sono”, fui terminando de me arrumar pra sair. 

Então inseri os dados, com mais facilidade e rapidez, pelas ferramentas disponíveis no notebook. Quando executei a operação matemática que veio o resultado final, confirmando o que havia sido revelado no celular, realmente fiquei chocado, sem fôlego. Mas vou contar os detalhes no próximo artigo. 

"Com a sua voz troveja Deus maravilhosamente; faz grandes coisas, que nós não compreendemos.

... pára e considera as obras maravilhosas de Deus."

(Jó 37.5,14) 

Moacir R. S. Junior – morganne777@hotmail.com

Nenhum comentário:

Postar um comentário