Enciclopédia Arquivo7 no MEGA

sábado, 28 de maio de 2016

NO PRINCÍPIO ERA A MATEMÁTICA – Parte 10


A Misteriosa Rota Cruciforme dos Números Primos - Um novo capítulo do nosso “livrão” virtual

A maior obsessão dos matemáticos atualmente (e desde muito tempo) é descobrir uma fórmula capaz de revelar um padrão nos números primos.

Os números primos (números que só podem ser divididos por eles e por 1) são considerados os átomos da matemática e são objeto de centenas de estudos – estudos que vão das tentativas de se compreender o funcionamento do Universo até as técnicas usadas na criptografia moderna, da qual depende o equilíbrio das transações financeiras mundiais.

O problema, aliás, o grande problema dos primos, é que é impossível se prever quando surgirá o próximo deles – a lista é caótica, aleatória, não nos fornece qualquer pista para determinarmos o próximo. Veja todos os primos abaixo de 1000.

2, 3, 5, 7, 11, 13, 17, 19, 23, 29, 31, 37, 41, 43, 47, 53, 59, 61, 67, 71, 73, 79, 83, 89, 97, 101, 103, 107, 109, 113, 127, 131, 137, 139, 149, 151, 157, 163, 167, 173, 179, 181, 191, 193, 197, 199, 211, 223, 227, 229, 233, 239, 241, 251, 257, 263, 269, 271, 277, 281, 283, 293, 307, 311, 313, 317, 331, 337, 347, 349, 353, 359, 367, 373, 379, 383, 389, 397, 401, 409, 419, 421, 431, 433, 439, 443, 449, 457, 461, 463, 467, 479, 487, 491, 499, 503, 509, 521, 523, 541, 547, 557, 563, 569, 571, 577, 587, 593, 599, 601, 607, 613, 617, 619, 631, 641, 643, 647, 653, 659, 661, 673, 677, 683, 691, 701, 709, 719, 727, 733, 739, 743, 751, 757, 761, 769, 773, 787, 797, 809, 811, 821, 823, 827, 829, 839, 853, 857, 859, 863, 877, 881, 883, 887, 907, 911, 919, 929, 937, 941, 947, 953, 967, 971, 977, 983, 991, 997,...

Abaixo de 1000 existem somente 168 números primos. Observe os intervalos entre eles. Parece que é tudo aleatório. Entre 2 e 3 não existe intervalo; entre 13 e 17 já existem 3 intervalos; entre 23 e 29, 5 intervalos; entre 71 e 73, 1 intervalo, etc.

Agora observe que uns poucos possuem intervalos muito grandes. Entre 113 e 127, temos 14 intervalos, entre 523 e 541, 18 intervalos. O maior intervalo (abaixo de 1000) fica entre os primos 887 e 907: 20 números compostos entre eles.

Entre 1 e 100 existem 25 primos. Agora, tente imaginar quantos primos existem entre 9.999.900 e 10.000.000.

Por incrível que pareça, embora a diferença entre eles seja de 100, apenas 9 são primos:

9.999.901, 9.999.907, 9.999.929, 9.999.931, 9.999.937, 9.999.943, 9.999.971, 9.999.973, 9.999.991.

Repito: entre os 100 números anteriores a 10.000.000, somente 9 são primos. E, mais incrível ainda: entre os 100 números posteriores a 10.000.000, temos somente dois:

10.000.019 e 10.000.079.

Por isso que os matemáticos piram. Os números primos parecem aleatórios, mas existem muitos exemplos que provam o contrário. A cruz dos números primos é um deles. E (novamente) o alvo do nosso estudo.

Para conhecer os detalhes do novo estudo, acesse este link ENCICLOPÉDIA ARQUIVO 7 - CALCULANDO A VERDADE e você será direcionado a uma página contendo todos os estudos em slides já publicados (cerca de 26.000 páginas). Daí é só escolher o estudo e fazer o download para o seu computador.

Também disponível no formato PDF: 
http://sdrv.ms/1a28Cw8

O número (e o título) deste novo estudo é: “216 - NO PRINCÍPIO ERA A MATEMÁTICA – Parte 10 - A Misteriosa Rota Cruciforme dos Números Primos” 

Qualquer sugestão, crítica ou questionamento, escreva-me.


Moacir R. S. Junior – morganne777@hotmail.com

Nenhum comentário:

Postar um comentário